Anúncios 2013

ann13010-pt-br — Anúncio
Novo Laser melhora as capacidades do VLT
21 de Fevereiro de 2013: Um novo laser mais poderoso acaba de ser testado com sucesso no Observatório do Paranal do ESO, tendo sido formalmente aceite hoje. Este novo laser chama-se PARLA e será uma parte fundamental da Infraestrutura de Estrela Guia Laser (LGSF, sigla do inglês) no Very Large Telescope do ESO (VLT).O laser é usado para gerar uma estrela artificial a cerca de 90 quilômetros de altitude na atmosfera [1]. Esta informação é depois utilizada para ajustar em tempo real os espelhos deformáveis, de modo a corrigir as observações da maior parte das perturbações causadas pelo constante movimento da atmosfera, criando assim imagens muito mais nítidas.Este novo laser irá aumentar grandemente a fiabilidade e flexibilidade das operações da LGSF. O sistema usa tecnologia semelhante àquela que será utilizada nos quatro lasers da futura Infraestrutura de Óptica Adaptativa, que se encontra atualmente em desenvolvimento no ESO. O novo laser tem uma potência de 7 watts ...
ann13009-pt-br — Anúncio
O ESO continua a liderar como o observatório terrestre mais produtivo do mundo
19 de Fevereiro de 2013: Uma análise do número de artigos científicos arbitrados publicados em 2012 utilizando dados obtidos pelos telescópios e instrumentos do ESO mostrou que o ESO continua a liderar como o observatório terrestre mais produtivo do mundo. Foram publicados mais de 870 artigos arbitrados utilizando dados do ESO no ano passado, o que corresponde um aumento significativo relativamente aos totais anteriores e é também o maior número de publicações num ano em toda a história do ESO. O número de artigos escritos em 2012 utilizando dados do ESO, ficou ligeiramente à frente dos artigos que utilizaram dados do Telescópio Espacial Hubble da NASA/ESA.Cerca de 70% de todos os artigos escritos em 2012 com créditos dados ao ESO utilizam dados obtidos pelo Very Large Telescope (VLT)/Interferômetro do VLT, uma fração que vem aumentando de forma consistente ao longo dos últimos três anos. Outras infraestruturas astronômicas no Observatório La Silla Paranal - incluindo o ...
ann13008-pt-br — Anúncio
ESOcast 53: Arrepio Chileno 3
15 de Fevereiro de 2013: Este é o terceiro episódio do Arrepio Chileno, um tipo de ESOcast planejado para oferecer uma calma experiência do céu noturno chileno e dos locais de observação do ESO, sem a distração de fatos ou narração. Neste episódio nós somos agraciados com vistas estonteantes do Deserto do Atacama, inculindo o vulcão Licancabur e o lento nascer da Lua sobre os Andes. Este episódio é focado no ALMA, o Atacama Large Millimeter/submillimeter Array. Assista ao movimento sincronizado das antenas conforme elas dançam para um plateia de estrelas, que parecem correr pelo céu em sequências time-lapse. O projeto ALMA está muito próximo de sua conclusão e já está fornecendo resultados significativos aos cientistas. O video está sincronizado com a música instrumental composta por John Stanford (johnstanfordmusic.com). Mais Informações O ESOcast é uma série de videocasts dedicada a trazer para você as últimas novidades e pesquisas do ESO – o Observatório Europeu do ...
ann13006-pt-br — Anúncio
ESO participa da maior cúpula internacional da história do Chile
22 de Janeiro de 2013: A cúpula da Comunidade Latino Americana e Estados Caribenhos (CELAC) e União Europeia, o maior evento já organizado pelo Chile, foi aberta pelo Presidente Sebastian Piñera hoje. A cúpula é um fórum de discussão de negócios internacionais, com 60 chefes de estado e governo e suas delegações convidadas, com 1500 jornalistas de todo o mundo entre os 3000 delegados que compareceram. A cúpula ocorrerá entre 22 e 27 de Janeiro em Santiago. A Astronomia será um tema importante durante o evento, com destaque em várias ocasiões nas telas gigantes da conferência, através de imagens dos observatórios do ESO no norte do Chile. No Retiro, a pequena sala onde os chefes de estado irão se reunir em particular para discutirem assuntos internacionais, um modelo do E-ELT do ESO irá decorar o centro da sala entre constelações do céu do sul visíveis do Chile, dando uma excitante visão do futuro da astronomia ...
ann13004-pt-br — Anúncio
Novos países no ESO Science Outreach Network
22 de Janeiro de 2013: O ESO estendeu o Science Outreach Network (ESON, Rede de Divulgção Científica) ainda mais, ao designar representantes nacionais para a Rússia, Romênia e Letônia. A rede cobre agora 27 países, incluindo os 15 estados membros. A informação principal do site do ESO encontra-se agora disponível em 19 línguas diferentes, o que significa que mais de 1,5 bilhões de pessoas podem acessar a informação sobre o ESO e ler sobre descobertas astronômicas na sua própria língua. As notas de imprensa são traduzidas em 17 línguas diferentes e muitas da Fotos da Semana e Anúncios são postos à disposição do público cada vez em mais línguas diferentes. Os nós do ESO Science Outreach Network atuam como contactos locais do ESO junto ao público e mídia, com o intuito de promover a missão do ESO e demonstrar os muitos aspectos inspiradores da astronomia. Servem também como pontos de contato entre a mídia e ...
ann13003-pt-br — Anúncio
ESOcast 52: Chovendo Estrelas
15 de Janeiro de 2013: De 14 a 16 de dezembro de 2012, a chuva de meteoros Geminídeos fez uma aparição espetacular no Observatório Paranal do ESO no Chile. Enquanto os meteoros caíam em profusão no local, o embaixador fotográfico do ESO, Gianluca Lombardi, estava preparado com sua câmera para registrar o espetáculo. Ele passou mais de 40 horas gravando o evento. Os Geminídeos são uma chuva de estrelas cadentes que parecem emanar da constelação de Gêmeos. Esta chuva acontece quando a Terra atravessa a órbita de um asteroide chamado 3200 Phaeton, o que ocorre uma vez por ano, no mês de dezembro. As partículas do rastro de poeira ao longo da órbita do asteroide queimam ao entrar em nossa atmosfera, criando os brilhantes e velozes pontos de luz característicos das chuvas de meteoros. Este é o segundo episódio do Arrepio Chileno, um tipo de ESOcast planejado para oferecer uma calma experiência do céu noturno ...
ann13002-pt-br — Anúncio
ALMA duplica o seu poder na nova fase de observações avançadas
8 de Janeiro de 2013: O ALMA (Atacama Large Millimeter/submillimeter Array) começou uma fase mais avançada de observações científicas. Esta fase, conhecida como Ciclo 1 da Ciência Preliminar, durará até outubro de 2013. O poder do telescópio foi grandemente aumentado: fará agora observações com mais antenas, separadas de distâncias maiores que anteriormente, e utilizará pela primeira vez antenas da Rede Compacta (ACA, sigla do inglês Atacama Compact Array).Embora o ALMA ainda esteja em construção, as primeiras operações científicas começaram em 2011. Nesta fase, conhecida como Ciclo 0 da Ciência Preliminar, o ALMA ultrapassou, em termos de performance, todos os outros telescópios do seu tipo, e as suas capacidades sem precedentes trouxeram-nos a primeira onda de excitantes resultados científicos, durante o ano passado (ver por exemplo ann12101, eso1216, eso1239 e eso1248).As observações do Ciclo 0 começaram com apenas 16 das 66 antenas que o telescópio final apresentará (será composto por uma rede principal de 50 antenas ...
Mostrar 81 até 87 de 87