VISTA observa as profundezas do Cosmos

A figura acima mostra uma parte da mais ampla imagem profunda do céu já feita utilizando radiação infravermelha, com tempo de exposição total de 55 horas. Foi criada combinando mais de 6000 imagens individuais do telescópio de rastreio VISTA no Observatório Paranal do ESO no Chile. A imagem mostra uma região do céu conhecida como campo COSMOS, na constelação do Sextante. Mais de 200 mil galáxias foram identificadas nesta imagem.

Crédito:

ESO/UltraVISTA team. Acknowledgement: TERAPIX/CNRS/INSU/CASU

Bookmark and Share

Sobre a imagem

Id:eso1213a
Idioma:pt-br
Tipo:Observação
Data de divulgação:21 de Março de 2012 às 12:00
Notícias relacionadas:eso1213
Tamanho:17121 x 10824 px

Sobre o objeto

Nome:COSMOS Field
Tipo:• Early Universe : Cosmology : Morphology : Deep Field
• X - Cosmology

Zoom


Papéis de parede

1024x768
479,0 KB
1280x1024
812,5 KB
1600x1200
1,2 MB
1920x1200
1,4 MB
2048x1536
1,9 MB

Cores e filtros

BandaTelescópio
Infravermelho
J
Visible and Infrared Survey Telescope for Astronomy
VIRCAM
Infravermelho
H
Visible and Infrared Survey Telescope for Astronomy
VIRCAM
Infravermelho
Ks
Visible and Infrared Survey Telescope for Astronomy
VIRCAM

Veja também