O aglomerado estelar globular Messier 4 e a localização de uma estrela incomum

Esta imagem do Wide Field Imager, montado no telescópio MPG/ESO de 2,2 metros instalado no Observatório de La Silla do ESO, mostra o aglomerado estelar globular Messier 4. Esta enorme bola de estrelas antigas é, na realidade, um dos mais próximos aglomerados estelares globulares e aparece na constelação do Escorpião, próximo da brilhante estrela vermelha Antares.

Novas observações obtidas com o Very Large Telescope do ESO revelaram que uma estrela - assinalada nesta imagem - tem muito mais lítio do que as outras estrelas do aglomerado que foram estudadas. A fonte deste lítio permanece um mistério. Normalmente este elemento é gradualmente destruído ao longo dos bilhões de anos de vida da estrela, mas esta estrela encontra-se entre as milhares que parecem possuir o segredo da juventude eterna: ou conseguiu, de alguma forma manter o seu lítio original, ou encontrou algum modo de enriquecer com lítio recentemente formado. 

Crédito:

ESO

Sobre a imagem

Id:eso1235e
Idioma:pt-br
Tipo:Ilustração
Data de divulgação:5 de Setembro de 2012 às 12:00
Notícias relacionadas:eso1235
Tamanho:7982 x 7712 px

Sobre o objeto

Nome:Composite image, M 4, Messier 4, NGC 6121
Tipo:• Milky Way : Star
• Milky Way : Star : Grouping : Cluster : Globular
• X - Stars
• X - Star Clusters
Distância:7000 anos-luz

Formatos de imagens

JPEG grande
48,5 MB

Zoom


Papéis de parede

1024x768
531,6 KB
1280x1024
873,1 KB
1600x1200
1,2 MB
1920x1200
1,5 MB
2048x1536
2,0 MB

 

Veja também