Rodopio de Partida

O dinamismo do Very Large Telescope do ESO no início das operações, encontra-se soberbamente ilustrado nesta invulgar fotografia, tirada logo a seguir ao pôr do Sol, no preciso momento em que o Telescópio 1 começa a trabalhar. Uma longa exposição, com uma duração de 26 segundos, permitiu ao Embaixador Fotográfico do ESO, Gerhard Hudepohl, captar o movimento da cúpula, olhando para fora através do buraco que se vai abrindo, à medida que o sistema se põe em movimento. As paredes rotativas da cúpula aparecem-nos num rodopio etéreo, através do qual podemos distinguir um pouco do Deserto do Atacama, enquanto o firme céu do crepúsculo nos oferece ainda um lampejo de azul discreto.

A estrutura do telescópio, que aparece estacionária no centro da imagem, alberga um espelho de 8.2 metros de diâmetro, concebido para colectar radiação vinda dos confins do Universo. A própria cúpula é uma maravilha da tecnologia, movendo-se com extrema precisão e permitindo um cuidado controle da temperatura, evitando assim que correntes de ar quente perturbem as observações.

Links

Crédito:

ESO/G.Hüdepohl (atacamaphoto.com)

Sobre a imagem

Id:potw1209a
Idioma:pt-br
Tipo:Fotográfico
Data de divulgação:27 de Fevereiro de 2012 às 10:00
Tamanho:4256 x 2832 px

Sobre o objeto

Nome:Paranal, Very Large Telescope
Tipo:• Unspecified : Technology : Observatory
• X - Paranal

Formatos de imagens

JPEG grande
2,0 MB

Zoom


Papéis de parede

1024x768
196,1 KB
1280x1024
288,6 KB
1600x1200
391,5 KB
1920x1200
458,6 KB
2048x1536
592,2 KB

Veja também