Duas galáxias observadas a olho nu por cima do VLT

Esta imagem extraordinária do céu límpido do Chile, mostra miríades de estrelas brilhantes e galáxias distantes, todas suspensas por cima de um dos quatro Telescópios Principais do Very Large Telescope (VLT), o telescópio número 4 conhecido por Yepun (Vénus).

Dois dos objetos que aparecem a imagem, são mais famosos do que os seus vizinhos. Na parte esquerda da fotografia encontra-se uma galáxia proeminente que forma um traço ao longo do céu - trata-se da Messier 31 ou galáxia de Andrómeda. Mais para cima e à direita  desta mancha, vemos uma estrela brilhante, que por sua vez aponta na direção de uma galáxia que se situa mais ou menos na mesma linha. Esta estrela é a Beta Andromedae - também conhecida por Mirach - e a segunda galáxia é a Messier 33 (mesmo no cimo da imagem). Pensa-se que estas duas galáxias interagiram entre si no passado, formando uma ponte de hidrogénio gasoso que enche o espaço que as separa.

Esta imagem foi obtida pelo Embaixador Fotográfico do ESO Babak Tafreshi.

Links

Crédito:

ESO/B. Tafreshi (twanight.org)

Sobre a imagem

Id:potw1342a
Idioma:pt-br
Tipo:Fotográfico
Data de divulgação:21 de Outubro de 2013 às 10:00
Tamanho:6289 x 5700 px

Sobre o objeto

Nome:Andromeda Galaxy, Galaxies, M 31, M 33, Messier 31, Messier 33, Very Large Telescope, VLT Unit Telescopes
Tipo:• Unspecified : Sky Phenomenon : Night Sky
• Unspecified : Technology : Observatory : Telescope
• X - Paranal

Formatos de imagens

JPEG grande
15,1 MB

Zoom


Papéis de parede

1024x768
308,2 KB
1280x1024
536,5 KB
1600x1200
812,9 KB
1920x1200
1,0 MB
2048x1536
1,4 MB

 

Veja também