Ao seu alcance

O céu que cobre o Observatório do Paranal do ESO parece óleo sobre água nesta Fotografia da Semana do ESO, com verdes, amarelos e azuis juntando-se para criar esta paisagem celeste incandescente.

A paisagem rochosa e desolada faz lembrar um mundo alienígena, perfeitamente complementado com o espetáculo cósmico brilhante no céu. A estrutura principal é a nossa casa galáctica, a Via Láctea, arqueando ao longo do céu noturno chileno e enquadrando perfeitamente o observador que se encontra à esquerda. A luz emitida por bilhões de estrelas combina-se para criar o brilho da Via Láctea, com enormes nuvens escuras de poeira bloqueando a radiação em várias regiões, dando origem ao padrão salpicado que observamos. O efeito natural da luminescência atmosférica é responsável pela luz verde e laranja que parece emanar do horizonte.

O Very Large Telescope do ESO pode ser visto ao fundo, à direita, no topo do Cerro Paranal. O seu vizinho, ligeiramente mais baixo, é o Visible and Infrared Telescope for Astronomy (VISTA).

Crédito:

ESO/P. Horálek

Sobre a imagem

Id:potw1715a
Idioma:pt-br
Tipo:Fotográfico
Data de divulgação:10 de Abril de 2017 às 06:00
Tamanho:18325 x 11156 px

Sobre o objeto

Nome:Milky Way, Very Large Telescope
Tipo:Unspecified : Sky Phenomenon : Night Sky : Milky Way
Unspecified : Technology : Observatory

Formatos de imagens

JPEG grande
50,8 MB

Zoom


Papéis de parede

1024x768
286,1 KB
1280x1024
477,7 KB
1600x1200
700,2 KB
1920x1200
830,2 KB
2048x1536
1,1 MB

 

Veja também