eso1225pt-br — Nota de imprensa institucional

O ESO vai construir o maior olho no céu do mundo

11 de Junho de 2012

O ESO vai construir o maior telescópio óptico/infravermelho do mundo. O Conselho do ESO aprovou na reunião de hoje em Garching, o Programa European Extremely Large Telescope (E-ELT), sujeito a confirmação de quatro votos ad referendum [1]. O E-ELT começará as operações no início da próxima década.

O órgão governativo do ESO, o Conselho, reuniu-se hoje na Sede do ESO em Garching, na Alemanha. O principal assunto da agenda foi o começo do Programa European Extremely Large Telescope (E-ELT) - o maior olho no céu do mundo. O E-ELT vai ser um telescópio com um espelho segmentado de 39,3 metros de diâmetro situado no Cerro Armazones no norte do Chile, próximo do Observatório do Paranal do ESO.

Todos os países membros do ESO tinham já demonstrado um forte interesse no projeto E-ELT (ver eso1150). O Conselho votou hoje a favor de uma resolução para a aprovação do E-ELT e a primeira geração de instrumentos, estando apenas pendente a confirmação dos chamados votos ad referendum.

Para que o início do programa fosse aprovado, dois terços dos países membros (portanto, pelo menos dez) tinham que votar a favor. Na reunião do Conselho a Áustria, a República Checa, a Alemanha, a Holanda, a Suécia e a Suíça votaram a favor do início do programa E-ELT. Quatro outros países votaram a favor ad referendum: a Bélgica, a Finlândia, a Itália e o Reino Unido. Os restantes quatro países membros estão a trabalhar ativamente para se juntarem ao programa num futuro próximo.

No seguimento desta resolução, gastos em elementos do projeto para além das obras de construção civil iniciais não começarão antes que as contribuições prometidas pelos estados membros, tal como decidido nos princípios de financiamento aprovados pelo Conselho no final de 2011, excedam os 90% dos 1083 milhões de euros correspondentes ao custo do projeto completo (valores relativos a 2012).

O atual calendário prevê que os primeiros grandes contratos industriais para o E-ELT sejam aprovados e que o principal financiamento esteja confirmado dentro do próximo ano. Espera-se deste modo dar tempo suficiente para que todas as condições necessárias à realização do projeto sejam satisfeitas: as confirmações dos votos da Bélgica, Finlândia, Itália e Reino Unido; que outros estados membros se juntem ao projeto; e que o Brasil complete o seu processo de ratificação de adesão ao ESO.

"Este foi um excelente resultado e um grande dia para o ESO. Podemos agora avançar no calendário deste grande projeto," disse o Diretor Geral do ESO, Tim de Zeeuw.

Contratos iniciais para o projeto foram já assinados. Pouco antes da reunião do Conselho, foi assinado um contrato para o começo de um estudo detalhado da concepção do espelho adaptativo do telescópio M4. Este é um dos elementos de concepção mais demorada de todo o programa E-ELT e por isso um começo imediato era essencial. Para mais informações sobre este aspecto ver ann12032.

O trabalho de concepção detalhada para a estrada que levará ao topo do Cerro Armazones, onde o E-ELT ficará situado, está também em progresso e espera-se que alguns dos projetos de construção para o E-ELT comecem ainda este ano. Estes projetos incluem preparação para a estrada de acesso ao topo do Cerro Armazones assim como o aplanamento do cume do Cerro propriamente dito.

"O E-ELT manterá o ESO numa posição líder durante as próximas décadas e levará a uma extraordinária colheita de ciência," concluiu o Presidente do Conselho Xavier Barcons. 

Notas

[1] Ad referendum neste contexto significa que os votos estão sujeitos a confirmação das autoridades do Estado Membro, antes da próxima reunião do Conselho.

Mais Informações

O ano de 2012 marca o quinquagésimo aniversário da fundação do Observatório Europeu do Sul (ESO). O ESO é a mais importante organização europeia intergovernamental para a pesquisa em astronomia e é o observatório astronômico mais produtivo do mundo. O ESO é  financiado por 15 países: Alemanha, Áustria, Bélgica, Brasil, Dinamarca, Espanha, Finlândia, França, Holanda, Itália, Portugal, Reino Unido, República Checa, Suécia e Suíça. O ESO destaca-se por levar a cabo um programa de trabalhos ambicioso, focado na concepção, construção e funcionamento de observatórios astronômicos terrestres de ponta, que possibilitam aos astrônomos importantes descobertas científicas. O ESO também tem um papel importante na promoção e organização de cooperação nas pesquisas astronômicas. O ESO mantém em funcionamento três observatórios de ponta, no Chile: La Silla, Paranal e Chajnantor. No Paranal, o ESO opera  o Very Large Telescope, o observatório astronômico óptico mais avançado do mundo e dois telescópios de rastreio. O VISTA, o maior telescópio de rastreio do mundo que trabalha no infravermelho e o VLT Survey Telescope, o maior telescópio concebido exclusivamente para mapear os céus no visível. O ESO é o parceiro europeu do revolucionário telescópio  ALMA, o maior projeto astronômico que existe atualmente. O ESO está planejando o European Extremely Large Telescope, E-ELT, um telescópio de 39 metros que observará na banda do visível e infravermelho próximo. O E-ELT será “o maior olho no céu do mundo”.

Links

Resumo da proposta de construção do E-ELT e discussão sobre a proposta
Proposta de construção do E-ELT
Páginas do E-ELT 

Contatos

Gustavo Rojas
Universidade Federal de São Carlos
São Carlos - SP, Brazil
Tel.: 551633519795
e-mail: grojas@ufscar.br

Lars Lindberg Christensen
Head, ESO education and Public Outreach Department
Garching bei München, Germany
Tel.: +49 89 3200 6761
Cel.: +49 173 3872 621
e-mail: lars@eso.org

Richard Hook
ESO, La Silla, Paranal, E-ELT & Survey Telescopes Press Officer
Garching bei München, Germany
Tel.: +49 89 3200 6655
Cel.: +49 151 1537 3591
e-mail: rhook@eso.org

Valentina Rodríguez
ePOD Coordinator in Chile
Santiago, Chile
Tel.: +562 4633123
e-mail: vrodrigu@eso.org

Este texto é a tradução da Nota de Imprensa do ESO eso1225, cortesia do ESON, uma rede de pessoas nos Países Membros do ESO, que servem como pontos de contato local para a imprensa. O representante brasileiro é Gustavo Rojas, da Universidade Federal de São Carlos. A nota de imprensa foi traduzida por Margarida Serote (Portugal) e adaptada para o português brasileiro por Gustavo Rojas.
Bookmark and Share

Sobre a nota de imprensa

No. da notícia:eso1225pt-br
Nome:European Extremely Large Telescope
Tipo:• Unspecified : Technology : Observatory
• X - E-ELT
• X - Events
Facility:European Extremely Large Telescope

Imagens

Impressão artística do E-ELT
Impressão artística do E-ELT
Impressão artística do E-ELT durante a noite
Impressão artística do E-ELT durante a noite
Impressão artística do E-ELT
Impressão artística do E-ELT
O Conselho do ESO durante a reunião em Garching a 11-12 de Junho de 2012
O Conselho do ESO durante a reunião em Garching a 11-12 de Junho de 2012

Vídeos

Zoom na direção do E-ELT
Zoom na direção do E-ELT
Zoom na direção do E-ELT ao pôr do Sol e o começo das observações
Zoom na direção do E-ELT ao pôr do Sol e o começo das observações
Compilação E-ELT 2012
Compilação E-ELT 2012

Veja também