eso1419pt-br — Nota de imprensa institucional

Nivelando o terreno para o E-ELT

Cerimônia marca o próximo grande passo em frente para o maior telescópio ótico/infravermelho do mundo

19 de Junho de 2014

Ocorreu hoje uma cerimônia de nivelamento de montanha para assinalar um importante marco no projeto do ESO do European Extremely Large Telescope (E-ELT). Tratou-se da detonação de parte do pico de 3000 metros do Cerro Armazones, operação realizada no âmbito do processo de nivelamento do cume da montanha em preparação para a construção do maior telescópio ótico/infravermelho do mundo.

Na cerimônia de nivelamento de montanha realizada no Observatório do Paranal, a 20 quilômetros de distância da detonação, estavam presentes altos dignatários tanto do Chile como dos Estados Membros do ESO, assim como representantes das comunidades locais, oficiais do projeto e pessoal do ESO. O evento foi também transmitido online ao vivo via Livestream e uma gravação pode ser vista neste link.

A ordem para se proceder à detonação foi dada pelo Sub-Secretário do Ministério de Bens Nacionais chileno, Jorge Maldonado.

Durante a cerimônia, a companhia chilena ICAFAL Ingeniería y Construcción S.A. fez explodir parte do topo do Cerro Armazones, libertando 5000 metros cúbicos de rocha. Esta é apenas uma parte do elaborado processo de nivelamento que ajudará a moldar a montanha, de modo a acomodar o telescópio de 39 metros e a sua enorme cúpula. No total terão que ser deslocados cerca de 220 000 metros cúbitos de rocha, abrindo-se assim espaço para a plataforma de 150 por 300 metros do E-ELT.

Os trabalhos de construção civil no Cerro Armazones começaram em março de 2014 e espera-se que durem cerca de 16 meses. Estes trabalhos incluem a construção e manutenção de uma estrada pavimentada, a construção da plataforma no topo e a construção de uma vala de serviço que leva ao cume [1].

Prevê-se que o E-ELT comece a operar em 2024, altura em que começará a investigar os maiores desafios astronômicos da nossa época. Espera-se que o telescópio gigante, que será “o maior olho do mundo virado para o céu”, permita a exploração de reinos completamente desconhecidos no Universo.

Notas

[1] Todas as estruturas que serão construídas posteriormente no local estão especificadas na Proposta de Construção do E-ELT, um livro de 264 páginas que detalha todos os aspectos do projeto e apresenta igualmente um resumo de execução. Em junho de 2011, o Conselho do ESO apoiou o design básico revisto para o telescópio e em dezembro de 2012 foi aprovado o Programa E-ELT (ver também ann13019, ann13033 e ann13042).

Mais Informações

O ESO é a mais importante organização europeia intergovernamental para a investigação em astronomia e é o observatório astronômico mais produtivo do mundo. O ESO é  financiado por 15 países: Alemanha, Áustria, Bélgica, Brasil, Dinamarca, Espanha, Finlândia, França, Holanda, Itália, Portugal, Reino Unido, República Checa, Suécia e Suíça. O ESO destaca-se por levar a cabo um programa de trabalhos ambicioso, focado na concepção, construção e funcionamento de observatórios astronômicos terrestres de ponta, que possibilitam aos astrônomos importantes descobertas científicas. O ESO também tem um papel importante na promoção e organização de cooperação na investigação astronômica. O ESO mantém em funcionamento três observatórios de ponta, no Chile: La Silla, Paranal e Chajnantor. No Paranal, o ESO opera  o Very Large Telescope, o observatório astronómico óptico mais avançado do mundo e dois telescópios de rastreio. O VISTA, o maior telescópio de rastreio do mundo que trabalha no infravermelho e o VLT Survey Telescope, o maior telescópio concebido exclusivamente para mapear os céus no visível. O ESO é o parceiro europeu do revolucionário telescópio  ALMA, o maior projeto astronômico que existe atualmente. O ESO encontra-se a planear o European Extremely Large Telescope, E-ELT, um telescópio de 39 metros que observará na banda do visível e do infravermelho próximo. O E-ELT será “o maior olho do mundo virado para o céu”.

Links

Contatos

Gustavo Rojas
Universidade Federal de São Carlos
São Carlos, Brazil
Tel.: 551633519795
e-mail: grojas@ufscar.br

Lars Lindberg Christensen
Head of ESO ePOD
Garching bei München, Germany
Tel.: +49 89 3200 6761
Cel.: +49 173 3872 621
e-mail: lars@eso.org

Este texto é a tradução da Nota de Imprensa do ESO eso1419, cortesia do ESON, uma rede de pessoas nos Países Membros do ESO, que servem como pontos de contato local para a imprensa. O representante brasileiro é Gustavo Rojas, da Universidade Federal de São Carlos. A nota de imprensa foi traduzida por Margarida Serote (Portugal) e adaptada para o português brasileiro por Gustavo Rojas.
Bookmark and Share

Sobre a nota de imprensa

No. da notícia:eso1419pt-br
Nome:Cerro Armazones, European Extremely Large Telescope
Tipo:• Unspecified : Technology : Observatory : Telescope
• X - E-ELT

Imagens

Plano de pormenor da explosão de nivelamento para o E-ELT
Plano de pormenor da explosão de nivelamento para o E-ELT
Evento da explosão de nivelamento para o E-ELT
Evento da explosão de nivelamento para o E-ELT
Evento da explosão de nivelamento para o E-ELT
Evento da explosão de nivelamento para o E-ELT
Evento da explosão de nivelamento para o E-ELT
Evento da explosão de nivelamento para o E-ELT
Evento da explosão de nivelamento para o E-ELT
Evento da explosão de nivelamento para o E-ELT

Vídeos

Plano de pormenor da explosão de nivelamento para o E-ELT
Plano de pormenor da explosão de nivelamento para o E-ELT
Excertos do evento da explosão de nivelamento para o E-ELT
Excertos do evento da explosão de nivelamento para o E-ELT
Preparando a explosão
Preparando a explosão
Explosão de nivelamento para o E-ELT vista de muito perto
Explosão de nivelamento para o E-ELT vista de muito perto
Video News Release 43: evento da explosão de nivelamento para o E-ELT (B roll)
Video News Release 43: evento da explosão de nivelamento para o E-ELT (B roll)

Veja também