A Janela da Europa no Universo

Artist impression of the E-ELTO ESO tem vindo a acumular uma enorme competência no desenvolvimento, integração e operação de grandes telescópios em locais remotos. O Very Large Telescope do ESO é o telescópio óptico terrestre mais avançado do mundo e proporcionou já enormes avanços científicos.

Esta competência forma a estrutura fundamental de desenvolvimento de Telescópios de Enorme Dimensão para os astrónomos europeus. O estudo de referência ficou completo no final de 2006. O desenvolvimento conceptual global da infra-estrutura está agora em estudo, estudo esse de um valor de 57 milhões de Euros. Prevê-se que o observatório E-ELT comece as operações por volta de 2018. Para além destas actividades de desenvolvimento conceptual, mais de 30 institutos científicos e empresas de alta tecnologia da Europa estão a estudar os aspectos tecnológicos dos grandes telescópios no âmbito do 6° Programa Quadro Estudos de Desenvolvimento do ELT e do 7° Programa Quadro Projecto de Preparação do E-ELT, financiados parcialmente pela Comissão Europeia. O E-ELT é um projecto de alta tecnologia, derivado de uma ciência altamente prestigiada que incorpora muitos desenvolvimentos inovadores. Este projecto oferece inúmeras possibilidades de transferência de tecnologia e spin-off, ao mesmo tempo que oportunidades de contratos tecnológicos lucrativos e é um importante exemplo para a indústria europeia.

O E-ELT tem já um enorme apoio da comunidade científica europeia. É o único projecto de astronomia no visível, seleccionado no âmbito do Fórum Europeu de Estratégias para Infra-estruturas de Investigação. Este projecto encontra-se igualmente em proeminência na ASTRONET Plano Europeu de Infra-estruturas para a Astronomia.

A liderança da Europa neste importante projecto de vanguarda fará sem dúvida aumentar as competências científica, tecnológica e industrial europeias.

Back            Next