ann17048-pt — Anúncio

ESOcast 119: Primeira luz da AOF

2 de Agosto de 2017

A radiação emitidas pelos objetos celestes é indispensável na astronomia e ao colectá-la por meio de telescópios e instrumentos, os astrónomos podem estudar quase tudo o que existe no espaço. No entanto, a turbulência atmosférica distorce a radiação que chega aos telescópios colocados no solo. No Very Large Telescope do ESO, os investigadores estão a utilizar uma nova e revolucionária Infraestrutura de Óptica Adaptativa (AOF) para ajudar o instrumento MUSE a bater novos recordes.

O ESOcast 119 explora o porquê da óptica adaptativa ser tão necessária para a investigação levada a cabo no ESO, como é que a nova AOF melhorará as capacidades do instrumento MUSE e o futuro da óptica adaptativa em instrumentos do Very Large Telescope do ESO.

Pode subscrever os ESOcasts no iTunes, receber episódios futuros no YouTube ou seguir-nos no Vimeo.

Encontram-se disponíveis mais episódios do ESOcast.

Descubra como pode ver e contribuir com legendas para o ESOcast em diversas línguas ou traduzir este vídeo no YouTube.

Links

Contactos

Richard Hook
ESO Public Information Officer
Garching bei München, Alemanha
Tel: +49 89 3200 6383
Email: rhook@eso.org

Sobre o anúncio

Id:ann17048

Imagens

Cena do ESOcast 119
Cena do ESOcast 119

Vídeos

ESOcast 119: Primeira luz da AOF
ESOcast 119: Primeira luz da AOF