ann17075-pt — Anúncio

ESOcast 133: Telescópios do ESO observam primeira luz de uma fonte de ondas gravitacionais

16 de Outubro de 2017

Os telescópios do ESO observaram pela primeira vez a contraparte visível de uma fonte de ondas gravitacionais. Marcando o início de uma nova era da astronomia multi-mensageira, este evento raro foi capturado com um detalhe extraordinário. As observações revelam um evento de alta energia, chamado quilonova, que pôde ser finalmente associado à fusão de duas estrelas de neutrões, restos estelares que emitem ondas gravitacionais à medida que orbitam em torno um do outro, até colidirem numa imensa explosão.

O ESOcast 133 descreve o que é que os telescópios do ESO no Chile observaram, como é que telescópios em todo o mundo descobriram a quilonova e o que é que os astrónomos aprenderam sobre este fenómeno astronómico recentemente observado.

Pode subscrever os ESOcasts no iTunes, receber episódios futuros no YouTube ou seguir-nos no Vimeo.

Encontram-se disponíveis mais episódios do ESOcast.

Descubra como pode ver e contribuir com legendas para o ESOcast em diversas línguas ou traduzir este vídeo no YouTube.

Links

Contactos

Richard Hook
ESO Public Information Officer
Garching bei München, Alemanha
Tel: +49 89 3200 6655
Telm: +49 151 1537 3591
Email: rhook@eso.org

Sobre o anúncio

Id:ann17075

Imagens

Cena do ESOcast 133
Cena do ESOcast 133

Vídeos

ESOcast 133: Telescópios do ESO observam primeira luz de uma fonte de ondas gravitacionais
ESOcast 133: Telescópios do ESO observam primeira luz de uma fonte de ondas gravitacionais