Encontradas pela primeira vez galáxias escuras

Esta imagem profunda mostra a região do céu em torno do quasar HE 0109-3518. O quasar encontra-se próximo do centro da imagem. A radiação energética do quasar faz com que as galáxias escuras brilhem, ajudando assim os astrónomos a compreender as fases iniciais da formação de galáxias. As galáxias escuras são essencialmente desprovidas de estrelas e por isso não emitem radiação que possa ser detectada pelos telescópios. Este aspecto torna-as virtualmente impossíveis de observar, a menos que sejam iluminadas por uma fonte exterior de luz, como por exemplo um quasar.

Esta imagem combina observações obtidas com o Very Large Telescope, preparado para detectar as emissões fluorescentes produzidas pelo facto do quasar iluminar as galáxias escuras, com dados de cor do Digitized Sky Survey 2. 

Créditos:

ESO, Digitized Sky Survey 2 and S. Cantalupo (UCSC)

Sobre a imagem

Id:eso1228a
Língua:pt
Tipo:Observação
Data de divulgação:11 de Julho de 2012 às 12:00
Notícias relacionadas:eso1228
Tamanho:1600 x 1700 px

Sobre o objeto

Nome:HE 0109-3518
Tipo:• Early Universe : Galaxy
• Early Universe : Galaxy : Activity : AGN : Quasar
• X - Quasars & Black Holes
Distância:z=2.4 (desvio para o vermelho)
Constelação:Sculptor

Formatos de imagens

JPEG grande
1,2 MB

Zoom


Papéis de parede

1024x768
328,2 KB
1280x1024
554,5 KB
1600x1200
886,4 KB
1920x1200
926,1 KB
2048x1536
1,2 MB

Coordenadas

Position (RA):1 11 43.68
Position (Dec):-35° 3' 0.94"
Field of view:6.70 x 7.12 arcminutes
Orientação:O norte está a 0.1° à esquerda da vertical

Cores e filtros

BandaComprimento de ondaTelescópio
Óptico
B
414 nmVery Large Telescope
FORS2
Óptico
B
Digitized Sky Survey 2
N/A
Óptico
R
Digitized Sky Survey 2
N/A
Infravermelho
I
Digitized Sky Survey 2
N/A

 

Veja também