Escolha a sua língua:

A Estrela Guia Laser do VLT

Um raio laser é lançado a partir do Yepun, um dos telescópios de 8,2 metros do VLT, em direcção ao majestoso céu austral, criando uma estrela artificial a 90 km de altitude, na alta mesosfera terrestre. A Estrela Guia Laser faz parte do sistema de Óptica Adaptativa do VLT e é utilizada como referência para corrigir as imagens desfocadas devido ao efeito da turbulência atmosférica. A Via Láctea, a nossa própria Galáxia vista de frente, corta a imagem. Os objetos mais proeminentes na Via Láctea são: Sirius, a estrela mais brilhante no céu, visível em cima, e a Nebulosa Carina, que pode ser vista como uma mancha brilhante ao lado do telescópio. Partindo do lado direito para o lado esquerdo da imagem, temos os seguintes objetos alinhados: a Pequena Nuvem de Magalhães (com o enxame globular 47 Tucanae à sua direita), a Grande Nuvem de Magalhães e Canopus, a segunda estrela mais brilhante no céu.

Créditos:

G. Hüdepohl (atacamaphoto.com)

Bookmark and Share

Sobre a imagem

Id:gerd_huedepohl_2
Língua:pt
Tipo:Fotográfico
Data de divulgação:17 de Junho de 2010 às 17:44
Tamanho:4256 x 2832 px

Sobre o objeto

Nome:Very Large Telescope
Tipo:• Unspecified : Technology : Observatory : Telescope
• X - Paranal

Mounted Image

Zoom


Papéis de parede

1024x768
493,3 KB
1280x1024
831,5 KB
1600x1200
1,2 MB
1920x1200
1,4 MB
2048x1536
1,8 MB

Veja também