As curvas da Sede do ESO

Privadas de cor nesta imagem infravermelha, as curvas da Sede do ESO contrastam com a beleza natural gelada das árvores que a circundam. A curvatura extrema visível na imagem deve-se ao uso de uma lente olho de peixe, que distorce a imagem e faz com que o edifício rodeie a pálida folhagem e enquadre o céu. A vegetação parece brilhante porque reflete a radiação infravermelha e o pálido tom esbranquiçado deve-se a um balanço de cor branca aplicado às folhas das árvores.

As curvas precisas de betão, vidro e metal dão pistas quando à natureza peculiar do edifício da Sede. Em 1981 um artigo publicado na revista do ESO The Messenger descrevia  o edifício como “um labirinto  do género dos utilizados para testar a inteligência dos ratos”. Felizmente para o ESO, o escritor rapidamente concluía que “os seres humanos são em média mais espertos do que ratos e por isso resolvem rapidamente o problema”.

Esta fotografia foi tirada pelo especialista de computadores do ESO Dirk Essl.

Créditos:

D. Essl (www.essl.de)/ESO

Sobre a imagem

Id:potw1408a
Língua:pt
Tipo:Fotográfico
Data de divulgação:24 de Fevereiro de 2014 às 10:00
Tamanho:4032 x 3024 px

Sobre o objeto

Nome:ESO Headquarters
Tipo:• Unspecified
• X - Premises

Formatos de imagens

Großes JPEG
4,9 MB

Zoom


Papéis de parede

1024x768
406,1 KB
1280x1024
647,6 KB
1600x1200
913,5 KB
1920x1200
1,1 MB
2048x1536
1,4 MB

 

Veja também