European Extremely Large Telescope

O Maior Olho do Mundo Virado para o Céu

Os Telescópios de Enorme Dimensão são vistos a nível mundial como uma das maiores prioridades da astronomia feita a partir do solo. Eles irão proporcionar um enorme avanço do conhecimento na astrofísica em áreas como o estudo detalhado de planetas extrasolares, os primeiros objetos do Universo, buracos negros supermassivos e a natureza e distribuição da matéria escura e energia escura, que dominam o Universo.

Desde o final de 2005 que o ESO, em conjunto com a sua comunidade e indústria, trabalha no sentido de desenvolver um telescópio óptico/infravermelho extremamente grande.

Conhecido como E-ELT, sigla para European Extremely Large Telescope, este novo telescópio terrestre revolucionário terá um espelho primário de 39 metros de diâmetro e será o maior telescópio óptico/infravermelho próximo do mundo: "o maior olho do mundo virado para o céu".

O programa do E-ELT foi aprovado em 2012 e foi dada luz verde para a sua construção no final de 2014. A primeira luz do telescópio está prevista para 2024.

Ciência com o E-ELT

O E-ELT abordará os maiores desafios científicos do nosso tempo e será pioneiro num vasto número de assuntos, incluindo a procura de planetas extrasolares do tipo da Terra, que orbitem na chamada zona habitável da estrelas progenitora, zona onde será possível a existência de vida – o equivalente à procura do Santo Graal da astronomia observacional moderna. Efetuará igualmente "arqueologia estelar" em galáxias próximas, e dará contribuições fundamentais à cosmologia, medindo as propriedades das primeiras estrelas e galáxias e tentando desvendar a natureza da matéria escura e da energia escura. Para além de tudo isto, os astrónomos esperam ainda desvendar novas questões que irão certamente aparecendo com as novas descobertas do E-ELT.

Objetivos Científicos

Telescópio óptico/infravermelho com abertura extremamente larga para objetivos gerais. Algumas das áreas científicas incluem galáxias com elevado desvio para o vermelho, formação estelar, exoplanetas e sistemas protoplanetários.


Imagem em direto do Cerro Armazones

Siga o Cerro Armazones nesta imagem em direto obtida a partir Cerro Paranal. Durante o dia a imagem é atualizada de hora a hora. Click na imagem para a aumentar.

Webcam | 20 Nov 2015 13:00 CET
LIVE

Mais informações sobre o European Extremely Large Telescope:


Veja o trailer

  00:00          
00:00
 
00:00
        
 
 

Faça download deste trailer noutros formatos a partir do Arquivo Vídeo

 

Uma Visita ao Paranal e Cerro Armazones

Virtual Tour of Paranal and Cerro Armazones

Clique na imagem para fazer uma Visita Virtual ao Paranal e Cerro Armazones

 

E-ELT

Nome: European Extremely Large Telescope
Local: Cerro Armazones
Altitude: 3060 m
Cúpula: Cúpula hemisférica
Tipo: Telescópio Gigante de Espelho Segmentado que operará no óptico/infravermelho próximo
Design óptico: Design de cinco espelhos — três espelhos em eixo anastigmático + dois espelhos de dobrar usados para a óptica adaptiva
Diâmetro do Espelho Primário M1: 39 m (798 segmentos de espelho hexagonais de 1,4 m cada um)
Material do Espelho Primário M1: Ainda não está decidido
Diâmetro do Espelho Secundário M2: 4 m
Material do Espelho Secundário M2: Ainda não se sabe
Diâmetro do Espelho Terciário M3: 3.75 m
Montagem: Montagem altazimutal
Data da Primeira Luz: 2024
Óptica Ativa: Sim
Óptica Adaptiva: M4 adaptativo de 2,60 m com 6 Estrelas Guia Laser
Imagens do E-ELT: Link
Notas de Imprensa com o E-ELT: Link

 

Sabia que...?
As estrelas formam-se em nuvens densas do meio interestelar, mas mesmo nestas regiões mais densas a pressão é comparável ao mais ténue vácuo criado em laboratório na Terra. Nestas nuvens, as temperaturas atingem os -200º Celsius.