ann15056-pt-br — Anúncio

Aprovados primeiros instrumentos para o E-ELT

10 de Julho de 2015

No seguimento das recomendações do Comité Financeiro do ESO (FC) e do Comité Técnico-Científico (STC), o Conselho do ESO autorizou o Diretor Geral a assinar os contratos para o primeiro conjunto de instrumentos para o E-ELT. Estas ferramentas inovadoras para analisar a luz coletada pelo telescópio gigante permitirão ao E-ELT debruçar-se sobre uma vastidão de questões astronômicas assim que ficar operacional. A escolha dos instrumentos baseia-se no extenso input fornecido pela comunidade astronômica dos Estados Membros do ESO.

Este pacote de instrumentação é composto por uma câmera no infravermelho próximo com capacidades espectroscópicas (MICADO), uma unidade multi-conjugada de ótica adaptativa (MAORY), que alimentará o MICADO (e possivelmente outros instrumentos futuros); um espectrógrafo de campo integral (HARMONI), conjuntamente com o desenvolvimento, a nível de design preliminar, do seu sistema de tomografia laser de óptica adaptativa; e uma câmera e espectrômetro no infravermelho médio (METIS).

O MICADO, acoplado ao MAORY, permitirá tirar partido da resolução total do telescópio em muitas áreas atuais de investigação. Um dos aspetos cruciais no design dos instrumentos é a precisão astrométrica. Medições extremamente detalhadas das posições dos objetos permitirão, entre outros projetos, determinar com uma precisão sem precedentes as trajetórias das estrelas que orbitam o buraco negro no centro da nossa galáxia.

O HARMONI fará observações 3D de objetos astronômicos que irão desde órbitas planetárias a galáxias completas. Podemos apontar como exemplo do potencial deste instrumento a compreensão da formação e evolução das galáxias desde os tempos mais primordiais da história do Universo até ao presente.

O instrumento METIS, trabalhando a comprimentos de onda maiores, terá também um vasto leque de aplicações em todas as áreas da astronomia. Será uma ferramenta valiosa para os astrônomos que desejarem fazer o seguimento de descobertas feitas com o auxílio do Telescópio Espacial James Webb, ao alcançar maior detalhe espacial e informação dinâmica do que os obtidos a partir do espaço.

A seleção das capacidades científicas do E-ELT foi realizada por meio de um esforço comum baseado em reuniões dedicadas e workshops e trabalho de equipas de cientistas dos estudos de Fase A para os instrumentos, que ocorreram durante a Fase B do design do E-ELT. O Grupo de Trabalho Científico (SWG) do subcomitê de Ciência e Engenharia do E-ELT (ESE) do STC contribuiu para o projeto final de ciência, desenvolvendo as prioridades científicas e a sequência dos instrumentos. Estes foram integrados num guia de instrumentação que fez parte da proposta de construção do E-ELT. As especificações foram afinadas e finalizadas pela Equipe de Projetos Científicos depois da Fase B estar terminada.

A construção destes instrumentos está incluída na Fase 1 do Programa do E-ELT, a qual foi aprovada pelo Conselho do ESO em dezembro de 2014.

Contatos

Lars Lindberg Christensen
Head of ESO ePOD
Garching bei München, Alemanha
Tel: +49 89 3200 6761
Telm: +49 173 3872 621
Email: lars@eso.org

Sobre o anúncio

Id:ann15056

Imagens

Os primeiros instrumentos do E-ELT
Os primeiros instrumentos do E-ELT
Foco Nasmyth do ELT
Foco Nasmyth do ELT