ann15083-pt-br — Anúncio

Cerimônia marca enorme progresso na construção do Supernova do ESO

29 de Outubro de 2015

Nos últimos meses, a construção do Supernova, o Planetário e Centro de Visitantes do ESO, tem avançado imensamente e a arquitetura notável do edifício já se distingue perfeitamente. Para celebrar o passo acelerado dos trabalhos de construção, preparamos uma festa aconteceu em 28 de outubro de 2015, na Sede do ESO em Garching bei München, Alemanha.

Os trabalhadores da obra foram convidados pelo ESO, pelos arquitetos Bernhardt + Partner e outras companhias envolvidas na construção incluindo Schumann Projektsteuerung, Bollinger + Grohmann, IB Hausladen e Burnickl Ingenieure, para uma festa que incluiu comida e cerveja. A ocasião deu a oportunidade, tanto à equipe de construção como aos futuros ocupantes, de celebrar o progresso do edifício e desejar aos seus ocupantes muita sorte no futuro.

O ESO, os arquitetos e outros parceiros envolvidos gostariam particularmente de aproveitar esta oportunidade para agradecer aos trabalhadores da obra a sua excepcional dedicação na construção de um edifício tão complexo e incomum.

Estiveram presentes na festividade representantes de todas as companhias envolvidas na obra, num total de 70 pessoas.

O Supernova do ESO, concebido pelos arquitetos Bernhardt + Partner e doado pela Fundação Klaus Tschira Stiftung, dará aos visitantes uma experiência imersiva de astronomia e dos resultados científicos, projetos e avanços tecnológicos do ESO. Incluirá um planetário digital de vanguarda de cúpula completa, uma exposição interativa e uma pequeno cinema 3D. As estações científicas interativas desenvolvidas pelo HITS oferecerão aos visitantes uma introdução engraçada a uma grande variedade de tópicos científicos.

A cerimônia de colocação da primeira pedra do Supernova do ESO realizou-se a 24 de fevereiro de 2015 (ann15011), marcando assim o começo da fase principal de construção da infraestrutura, que deverá ficar pronta no início de 2017, prevendo-se a sua abertura ao público durante a segunda metade de 2017.

Links

Mais informação

HITS

O Instituto Heidelberg de Estudos Teóricos (HITS gGmbH) foi estabelecido pelo co-fundador Klaus Tschira e a sua fundação, a Klaus Tschira Stiftung, como uma instituição privada sem fins lucrativos. O HITS leva a cabo investigação de base no âmbito do processamento, estruturação e análise de grandes quantidades de dados em ciências naturais, matemática e ciência de computadores. As áreas de investigação vão desde a biologia molecular à astrofísica.

KTS

A Klaus Tschira Stiftung promove o avanço das ciências naturais, matemática e ciência de computadores, pretendendo aumentar o gosto por estas áreas. O empenhamento da Fundação começa no jardim de infância estendendo-se por escolas, universidades e centros de investigação.

ESO

O ESO é a mais importante organização europeia intergovernamental para a investigação em astronomia e é de longe o observatório astronômico mais produtivo do mundo. O ESO é  financiado por 16 países: Alemanha, Áustria, Bélgica, Brasil, Dinamarca, Espanha, Finlândia, França, Holanda, Itália, Polônia, Portugal, Reino Unido, República Checa, Suécia e Suíça, assim como pelo Chile, o país de acolhimento. O ESO destaca-se por levar a cabo um programa de trabalhos ambicioso, focado na concepção, construção e operação de observatórios astronômicos terrestres de ponta, que possibilitam aos astrônomos importantes descobertas científicas. O ESO também tem um papel importante na promoção e organização de cooperação na investigação astronômica. O ESO mantém em funcionamento três observatórios de ponta no Chile: La Silla, Paranal e Chajnantor. No Paranal, o ESO opera  o Very Large Telescope, o observatório astronômico ótico mais avançado do mundo e dois telescópios de rastreio. O VISTA, o maior telescópio de rastreio do mundo que trabalha no infravermelho e o VLT Survey Telescope, o maior telescópio concebido exclusivamente para mapear os céus no visível. O ESO é um parceiro principal no ALMA, o maior projeto astronômico que existe atualmente. E no Cerro Armazones, próximo do Paranal, o ESO está a construir o European Extremely Large Telescope (E-ELT) de 39 metros, que será “o maior olho do mundo virado para o céu”.

Contatos

Lars Lindberg Christensen
Head of ESO ePOD
Garching bei München, Alemanha
Tel: +49 89 3200 6761
Telm: +49 173 3872 621
Email: lars@eso.org

Sobre o anúncio

Id:ann15083

Imagens

Cerimônia marca enorme progresso na construção do Supernova do ESO
Cerimônia marca enorme progresso na construção do Supernova do ESO