Comparação de galáxias com discos em rotação no Universo distante e local

Representação esquemática de galáxias com discos em rotação no Universo primordial (à direita) e atual (à esquerda). Observações feitas com o Very Large Telescope do ESO sugerem que tais galáxias massivas com discos que formam estrelas no Universo primordial eram menos influenciadas pela matéria escura (mostrada em vermelho), uma vez que esta se encontrava menos concentrada. Como resultado, as regiões mais exteriores das galáxias distantes giram mais lentamente do que as regiões comparáveis em galáxias do Universo local. As suas curvas de rotação, em vez de se apresentarem planas, decrescem com o aumento do raio.

Crédito:

ESO/L. Calçada

Sobre a imagem

Id:eso1709a
Idioma:pt-br
Tipo:Ilustração
Data de divulgação:15 de Março de 2017 às 19:00
Notícias relacionadas:eso1709
Tamanho:3840 x 2149 px

Sobre o objeto

Tipo:Early Universe : Galaxy : Type : Spiral

Formatos de imagens

JPEG grande
1,2 MB

Zoom


Papéis de parede

1024x768
187,6 KB
1280x1024
300,6 KB
1600x1200
400,4 KB
1920x1200
460,2 KB
2048x1536
592,1 KB