Imagem VISTA da Pequena Nuvem de Magalhães

A Pequena Nuvem de Magalhães é uma galáxia proeminente que pode ser vista a olho nu no céu austral. No entanto, os telescópios que operam no visível não conseguem obter uma visão clara desta galáxia, devido às nuvens de poeira interestelar que a obscurecem. As capacidades infravermelhas do VISTA permitiram aos astrônomos observar a miríade de estrelas nesta nossa galáxia vizinha com muito mais nitidez do que o conseguido até hoje. O resultado é esta imagem recorde — a maior imagem infravermelha já obtida da Pequena Nuvem de Magalhães — repleta de milhões de estrelas.

Além da Pequena Nuvem de Magalhães, esta imagem de grande angular revela ainda muitas galáxias de fundo e vários aglomerados de estrelas, como o 47 Tucanae, um aglomerado globular muito brilhante que se encontra à direita na imagem.

Crédito:

ESO/VISTA VMC

Sobre a imagem

Id:eso1714a
Idioma:pt-br
Tipo:Observação
Data de divulgação:3 de Maio de 2017 às 12:00
Notícias relacionadas:eso1714
Tamanho:43223 x 38236 px

Sobre o objeto

Nome:Small Magellanic Cloud, SMC
Tipo:Local Universe : Galaxy : Type : Irregular
Local Universe : Galaxy : Size : Dwarf
Distância:200000 anos-luz
Constellation:Tucana

Formatos de imagens


Zoom


Papéis de parede

1024x768
402,5 KB
1280x1024
683,1 KB
1600x1200
1,0 MB
1920x1200
1,3 MB
2048x1536
1,8 MB

Coordenadas

Position (RA):0 55 3.16
Position (Dec):-72° 57' 50.57"
Field of view:354.37 x 313.48 arcminutes
Orientação:O norte está a 1.2° à esquerda da vertical

Cores e filtros

BandaComprimento de ondaTelescópio
Infravermelho
Y
1.02 μmVisible and Infrared Survey Telescope for Astronomy
VIRCAM
Infravermelho
J
1.25 μmVisible and Infrared Survey Telescope for Astronomy
VIRCAM
Infravermelho
Ks
2.15 μmVisible and Infrared Survey Telescope for Astronomy
VIRCAM

 

Veja também