O Campo Ultra Profundo do Hubble observado pelo MUSE

Esta imagem a cores mostra a região do Campo Ultra Profundo do Hubble, uma região minúscula mas muito bem estudada na constelação da Fornalha, observada pelo instrumento MUSE montado no Very Large Telescope do ESO. No entanto, esta imagem dá apenas uma visão muito parcial da riqueza dos dados do MUSE, os quais fornecem também um espectro para cada pixel da imagem. Este conjunto de dados permitiu aos astrônomos não apenas medir distâncias para muito mais destas galáxias do que antes — um total de 1600 — mas também descobrir muito mais sobre cada uma delas. Surpreendentemente, foram descobertas 72 novas galáxias que não tinham sido anteriormente descobertas pelo Telescópio Espacial Hubble da NASA/ESA.

Crédito:

ESO/MUSE HUDF collaboration

Sobre a imagem

Id:eso1738a
Idioma:pt-br
Tipo:Observação
Data de divulgação:29 de Novembro de 2017 às 12:00
Notícias relacionadas:eso1738
Tamanho:866 x 876 px

Sobre o objeto

Nome:Hubble Ultra Deep Field
Tipo:Early Universe : Cosmology : Morphology : Deep Field
Constellation:Fornax

Formatos de imagens

JPEG grande
313,3 KB

Zoom


Papéis de parede

1024x768
273,8 KB
1280x1024
421,8 KB
1600x1200
573,9 KB
1920x1200
644,3 KB
2048x1536
849,8 KB

Coordenadas

Position (RA):3 32 38.65
Position (Dec):-27° 47' 15.47"
Field of view:2.89 x 2.92 arcminutes
Orientação:O norte está a 42.0° à direita da vertical

Cores e filtros

BandaComprimento de ondaTelescópio
Óptico
B
438 nmVery Large Telescope
MUSE
Óptico
V
547 nmVery Large Telescope
MUSE
Óptico
R
634 nmVery Large Telescope
MUSE

 

Veja também