Concepção artística do buraco negro no NGC 1850 distorcendo a sua estrela companheira

Esta concepção artística mostra um buraco negro compacto com 11 massas solares e a estrela de 5 massas solares que o orbita. Os dois objetos situam-se no NGC 1850, um aglomerado com milhares de estrelas situado a cerca de 160 000 anos-luz de distância na Grande Nuvem de Magalhães, uma galáxia vizinha da Via Láctea. A distorção na forma da estrela se deve à enorme força gravitacional exercida pelo buraco negro. 

A força gravitacional do buraco negro não só distorce a forma da estrela mas também influencia a sua órbita. Ao observar estes efeitos orbitais sutis, uma equipe de astrônomos conseguiu determinar a presença do buraco negro, o primeiro buraco negro pequeno a ser descoberto deste modo fora da nossa Galáxia. Para obter este resultado, a equipe utilizou o instrumento MUSE (Multi Unit Spectroscopic Explorer) montado no Very Large Telescope do ESO no Chile.

Crédito:

ESO/M. Kornmesser

Sobre a imagem

Id:eso2116a
Idioma:pt-br
Tipo:Ilustração
Data de divulgação:11 de Novembro de 2021 às 13:00
Notícias relacionadas:eso2116
Tamanho:4910 x 2904 px

Sobre o objeto

Nome:NGC 1850
Tipo:Local Universe : Star : Evolutionary Stage : Black Hole

Formatos de imagens

JPEG grande
1,2 MB

Zoom


Papéis de parede

1024x768
205,7 KB
1280x1024
278,0 KB
1600x1200
349,9 KB
1920x1200
390,0 KB
2048x1536
465,4 KB