Pôr do Sol e pôr da Lua

Esta imagem mostra o Observatório do Paranal do ESO, no Chile, pouco depois do pôr do Sol. Os últimos raios do dia, ao passar através das camadas mais baixas e empoeiradas da atmosfera, criam uma espetacular neblina alaranjada, dando origem a uma cena perfeita para esta Foto da Semana.

Nesta imagem de longa exposição podemos ver rastros causados pelo movimento das estrelas ao longo do céu à medida que a Terra gira. Estes rastros parecem linhas pontilhadas, um efeito que é causado ao combinar uma quantidade de exposições individuais obtidas a pequenos intervalos umas das outras. A parte “mais torta” dos rastros de estrelas que se vê no fundo da imagem deve-se à máquina fotográfica ter saído do lugar.

O percurso do crescente da Lua também pode ser visto na parte de baixo à esquerda da imagem. A Lua está se pondo, parecendo que vai afundar-se no Oceano Pacífico. Não vemos um rastro da Lua, uma vez que esta parte da imagem foi obtida com uma série de exposições muito curtas.

Esta fotografia foi tirada pelo Embaixador Fotográfico do ESO Gabriel Brammer, pouco depois do pôr do Sol do dia 5 de janeiro de 2011. Nessa altura, Gabriel trabalhava como astrônomo no Observatório La Silla-Paranal, mas neste momento é astrônomo de apoio ao Telescópio Espacial Hubble, no Instituto Científico do Telescópio Espacial em Maryland, EUA. Esta imagem foi uma das primeiras que Brammer tirou no Paranal à noite, mas continua a ser uma das suas preferidas.

Link:

Crédito:

ESO/G. Brammer

Sobre a imagem

Id:potw1503a
Idioma:pt-br
Tipo:Fotográfico
Data de divulgação:19 de Janeiro de 2015 às 10:00
Tamanho:3008 x 2000 px

Sobre o objeto

Nome:Cerro Paranal, Moon, Paranal
Tipo:Unspecified : Sky Phenomenon : Night Sky : Trail
Unspecified : Sky Phenomenon : Light Phenomenon : Sunrise-Sunset

Formatos de imagens

JPEG grande
1,4 MB

Zoom


Papéis de parede

1024x768
277,4 KB
1280x1024
418,4 KB
1600x1200
574,7 KB
1920x1200
679,7 KB
2048x1536
863,8 KB

 

Veja também