Duendes atmosféricos no Observatório do Paranal

Imagem de duendes atmosféricos no Observatório do Paranal, obtida a partir da plataforma do VLT pelo Embaixador Fotográfico do ESO Petr Horálek.

Os duendes atmosféricos são fenômenos extremamente raros causados por irregularidades na ionosfera, muito por cima das nuvens de tempestade, a cerca de 80 quilômetros de altitude. Tipicamente observados em grupos de lampejos vermelho-alaranjados, os duendes atmosféricos são criados por descargas positivas nuvem-solo, mais raras e mais potentes que as negativas, uma vez que a descarga do relâmpago tem origem nas regiões superiores da nuvem, mais longe do solo. Numa explosão curta, o duende atmosférico estende-se rapidamente para baixo, criando tentáculos vermelhos e ondulantes que desaparecem rapidamente.

O duende atmosférico que vemos na imagem situava-se muito provavelmente a mais de 500 quilômetros de distância (comparar com a imagem de satélite que mostra a tempestade sobre a Argentina), tinha cerca de 80 km de altura e durou apenas uma fração de segundo.

Links:

Crédito:

P. Horálek/ESO

Sobre a imagem

Id:potw1505c
Idioma:pt-br
Tipo:Fotográfico
Data de divulgação:2 de Fevereiro de 2015 às 10:00
Tamanho:5787 x 3661 px

Sobre o objeto

Nome:Cerro Paranal, Paranal
Tipo:Unspecified : Sky Phenomenon : Night Sky
Unspecified : Technology : Observatory

Formatos de imagens

JPEG grande
9,5 MB

Zoom


Papéis de parede

1024x768
281,0 KB
1280x1024
463,4 KB
1600x1200
684,6 KB
1920x1200
801,0 KB
2048x1536
1,2 MB