A sentinela

Nesta fotografia vemos o agora obsoleto Telescópio Submilimétrico Sueco-ESO (sigla do inglês, SEST) que, tal como uma sentinela, vigia o horizonte no Observatório de La Silla do ESO. A seus pés um banco de nuvens cobre o vale.

O SEST foi instalado em La Silla em 1987 e na altura da sua primeira luz era o único telescópio submilimétrico de grandes dimensões  a operar no hemisfério sul. Embora tenha sido desativado em 2003, a parabólica de 15 metros de diâmetro permanece no Observatório de La Silla, servindo como um tributo ao trabalho pioneiro que realizou - tanto como telescópio individual como como telescópio de teste para projetos posteriores como o Atacama Pathfinder Experiment telescope (APEX) e o Atacama Large Millimeter/submillimeter Array (ALMA).

Durante o tempo que esteve em serviço, o SEST deu origem a várias descobertas importantes, incluindo em 1995 a descoberta da Nebulosa Boomerang como o lugar mais frio do Universo, com apenas um grau acima do zero absoluto e a descoberta do primeiro maser extragaláctico de monóxido de silício.

Esta bonita panorâmica foi tirada pelo Embaixador Fotográfico do ESO Alexandre Santerne. Alexandre é um astrônomo profissional que participa regularmente em eventos e conferências de divulgação científica.

Links

    Crédito:

    ESO/A. Santerne

    Sobre a imagem

    Id:potw1529a
    Idioma:pt-br
    Tipo:Fotográfico
    Data de divulgação:20 de Julho de 2015 às 10:00
    Tamanho:8262 x 1442 px

    Sobre o objeto

    Tipo:Unspecified : Technology : Observatory : Telescope

    Formatos de imagens

    JPEG grande
    2,0 MB

    Zoom


    Papéis de parede

    1024x768
    94,3 KB
    1280x1024
    143,7 KB
    1600x1200
    197,2 KB
    1920x1200
    233,6 KB
    2048x1536
    289,7 KB

     

    Veja também