Construção da Infraestrutura Técnica do ELT no Paranal

Esta fotografia mostra o futuro local da Infraestrutura Técnica do Extremely Large Telescope do ESO (ELT), onde a construção está a todo o vapor! Situada no Observatório do Paranal, no deserto chileno do Atacama, esta infraestrutura será o centro de manutenção do ELT, o qual será colocado no Cerro Armazones. Por detrás do local de construção, podemos ver o Very Large Telescope do ESO (VLT) no topo do Cerro Paranal.

O espelho primário de 39 metros do ELT será composto por 798 segmentos hexagonais e controlado por um sistema de sensores de alta precisão. Esta tecnologia, conhecida por óptica ativa, permitirá ao telescópio ajustar continuamente cada segmento individual de modo a ter em conta distúrbios na atmosfera, tais como temperatura, gravidade e pressão devido a ventos, mantendo assim a forma perfeita para obter as melhores observações possíveis.

Para manter uma qualidade excelente, este espelho colossal deve ser regularmente submetido a um processo remoção da antiga camada refletora, limpeza e revestimento com uma nova camada refletora. Uma vez que cada segmento individual tem que ser novamente revestido a cada 1,5 anos, o ELT será mantido em operação removendo-se, revestindo-se e substituindo-se aproximadamente dois segmentos por dia. Esta manutenção será realiada na Infraestrutura Técnica do ELT, onde serão feitos também o revestimento dos espelhos secundário e terciário e a montagem inicial dos segmentos de espelho.

Crédito:

G. Hüdepohl (atacamaphoto.com)/ESO

Sobre a imagem

Id:potw1848a
Idioma:pt-br
Tipo:Fotográfico
Data de divulgação:26 de Novembro de 2018 às 06:00
Tamanho:5236 x 3508 px

Sobre o objeto

Nome:Extremely Large Telescope
Tipo:Unspecified : Technology : Observatory : Facility

Formatos de imagens

JPEG grande
6,1 MB

Zoom


Papéis de parede

1024x768
367,2 KB
1280x1024
583,1 KB
1600x1200
833,8 KB
1920x1200
1005,9 KB
2048x1536
1,3 MB

 

Veja também