Estrelas agitadas

Na noite de 20 de janeiro de 2019 a cidade de Comquibo, no Chile, sofreu um sismo de magnitude 6,7 na escala de Richter. Apesar de Comquibo estar a 90 km de distância do Observatório de La Silla do ESO, os efeitos do sismo fizeram-se sentir neste local.

Esta imagem mostra o sismo registado pelo TAROT (Rapid Action Telescope for Transient Objects), um telescópio concebido para monitorizar explosões de raios gama.

Na noite em questão, o TAROT estava fazendo imagens de satélites geoestacionários, que aparecem como pontos estáticos no céu quando vistos com um telescópio colocado no solo. Por consequinte, as estrelas aparecem como rastros, já que a Terra roda sobre o seu eixo durante a exposição. Nesta imagem, foram sobrepostas três imagens de 10 segundos cada uma, obtidas em sucessão rápida na noite do sismo.

A captura da primeira imagem (à esquerda) foi iniciada 41 segundos após o início do sismo e a captura da última (à direita) terminou após cerca de 100 segundos depois do início do sismo. Cada estrela aparece 3 vezes já que o sismo abana o telescópio, distorcendo a sua vista do céu noturno. O efeito do sismo enfraquece com o tempo (na direção da parte direita da imagem).

Os registos na imagem são semelhantes a registos de sismógrafos num rolo de papel.

Crédito:

ESO/A. Klotz (TAROT)

Sobre a imagem

Id:potw1910a
Idioma:pt-br
Tipo:Montagem
Data de divulgação:11 de Março de 2019 às 06:00
Tamanho:2000 x 1195 px

Sobre o objeto

Tipo:Unspecified : Star

Formatos de imagens

JPEG grande
669,0 KB

Zoom


Papéis de parede

1024x768
260,1 KB
1280x1024
404,8 KB
1600x1200
525,2 KB
1920x1200
619,7 KB
2048x1536
789,4 KB

 

Veja também