Da luz do Sol à luz das estrelas

Mesmo quando Sol se põe no Observatório do Paranal do ESO no Chile, o local nunca fica completamente escuro. Apesar de não existir praticamente nenhuma poluição luminosa neste lugar remoto situado bem alto no deserto do Atacama, quando a luz do dia desaparece as dunas ondulantes passam a ser iluminadas pela luz resplandecente das estrelas. A única iluminação artificial em muitos quilômetros vem das instalações no Paranal, incluindo dos próprios telescópios e da Residência, que podemos ver nesta fotografia.

Tal como um verdadeiro oásis no deserto, a Residência se apresenta como um refúgio do meio inóspito do Atacama. Os astrônomos e outros funcionários que trabalham no Observatório do Paranal, situado a apenas alguns quilômetros da Residência e que abriga o Very Large Telescope do ESO, podem escapar do ambiente árido após um longo turno e desfrutar de um passeio pelo jardim interno ou um mergulho no piscina. O design atraente da Residência é complementado pelas suas inovações ambientais de vanguarda, incluindo uma gestão cuidadosa de energia e resíduos, e uma enorme cúpula de vidro de 35 metros de diâmetro no telhado, que permite a entrada de luz natural, tanto do Sol como das estrelas. Como um bônus adicional, a vista das janelas também é muito boa!

Links

Crédito:

Sobre a imagem

Id:potw2110a
Idioma:pt-br
Tipo:Fotográfico
Data de divulgação:8 de Março de 2021 às 06:00
Tamanho:23772 x 8328 px
Field of View:360° x 126.1°

Sobre o objeto

Nome:Paranal Residencia
Tipo:Unspecified : Sky Phenomenon : Night Sky
Unspecified : Technology : Observatory : Facility

Formatos de imagens

JPEG grande
59,3 MB

Zoom


Papéis de parede

1024x768
232,3 KB
1280x1024
378,0 KB
1600x1200
539,2 KB
1920x1200
634,8 KB
2048x1536
825,3 KB