A Via Láctea no deserto

Grande cuidado é tomado para garantir que o local para um novo telescópio forneça as melhores condições de observação possíveis.

Esta Fotografia da Semana foi tirada em 2019 pelo Embaixador Fotográfico do ESO Petr Horálek no topo do Cerro Armazones, Chile, onde está sendo construído o Extremely Large Telescope (ELT). Situado no coração do deserto do Atacama, a uma altitude de 3046 metros, este local alto e seco será crucial para podermos utilizar completamente o incrível poder observacional do ELT. 

Esta panorâmica do deserto do Atacama mostra a nossa própria galáxia, a Via Láctea, vista com uma nitidez notável, resultado desta região remota do globo apresentar uma poluição luminosa muito baixa. Nuvens de poeira interestelar massivas obscurecem a luz das estrelas mais distante, fazendo com que a faixa da Via Láctea nos apareça distintamente "manchada".

Crédito:

Sobre a imagem

Id:potw2115a
Idioma:pt-br
Tipo:Fotográfico
Data de divulgação:12 de Abril de 2021 às 06:00
Tamanho:29200 x 16925 px

Sobre o objeto

Nome:Cerro Armazones, Milky Way
Tipo:Unspecified : Sky Phenomenon : Night Sky

Formatos de imagens

JPEG grande
88,2 MB

Zoom


Papéis de parede

1024x768
262,9 KB
1280x1024
435,7 KB
1600x1200
635,7 KB
1920x1200
757,4 KB
2048x1536
1,0 MB