Planeta SPECULOOS

Os telescópios SPECULOOS (Search for habitable Planets EClipsing ULtra-cOOl Stars) localizados no Observatório do Paranal do ESO no deserto chileno do Atacama são geralmente os que procuram novos mundos, mas esta imagem realmente captura o local de observação como se ele próprio fosse um planeta. Para obter este efeito usou-se uma técnica fotográfica chamada projeção estereográfica, na qual uma imagem esférica — como uma panorâmica de 360º — é projetada num plano. 

A missão do SPECULOOS é detectar planetas terrestres na vizinhança solar à medida que passam entre nós e sua pequena e fria estrela-mãe, o que dá origem a uma regular minúscula diminuição do brilho estelar. Os exoplanetas descobertos por esse chamado método de trânsito podem ser estudados com grande detalhe, incluindo a realização de medições precisas da sua massa e raio, e a análise das suas possíveis atmosferas e potencial para sustentar vida. 

O sistema SPECULOOS, cujo nome é inspirado nas famosas bolachinhas de Natal tradicionais da Bélgica, Holanda e Alemanha, é composto por quatro telescópios, cada um com um espelho primário de um metro de diâmetro e câmaras que são altamente sensíveis no infravermelho próximo.

Como pano de fundo do “Planeta SPECULOOS”, temos os lasers do Very Large Telescope do ESO sendo usados ​​para criar estrelas artificiais na alta atmosfera, para medir e corrigir a turbulência. Se olharmos com atenção podemos ver uma destas estrelas como um ponto amarelo onde terminam os feixes de laser!

Crédito:

ESO/P. Horálek

Sobre a imagem

Id:potw2144a
Idioma:pt-br
Tipo:Fotográfico
Data de divulgação:1 de Novembro de 2021 às 06:00
Tamanho:15787 x 20000 px

Sobre o objeto

Nome:SPECULOOS
Tipo:Unspecified : Technology : Observatory : Telescope

Formatos de imagens

JPEG grande
51,5 MB

Zoom


Papéis de parede

1024x768
283,7 KB
1280x1024
473,9 KB
1600x1200
688,5 KB
1920x1200
810,7 KB
2048x1536
1,1 MB