A polarização da radiação emitida por uma estrela de nêutrons

Esta concepção artística mostra como é que a radiação emitida pela superfície de uma estrela de nêutrons fortemente magnetizada (à esquerda) se polariza linearmente à medida que viaja através do vácuo do espaço que envolve a estrela no seu percurso até chegar à Terra (à direita). A polarização da radiação observada no campo magnético extremamente forte sugere que o espaço vazio que rodeia a estrela de nêutrons está sujeito a um efeito quântico chamado birrefringência do vácuo, uma previsão da eletrodinâmica quântica. Este efeito foi previsto nos anos 1930 mas nunca foi observado até agora.

As direções dos campos magnético e elétrico estão marcadas com linhas vermelhas e azuis. Simulações de modelos obtidas por Roberto Taverna (Universidade de Pádua, Itália) e Denis Gonzalez Caniulef (UCL/MSSL, RU) mostram como estas se alinham ao longo de uma direção preferencial quando a radiação passa pela região em torno da estrela de nêutrons.

Crédito:

ESO/L. Calçada

Sobre o Vídeo

Id:eso1641a
Idioma:pt-br
Data de divulgação:30 de Novembro de 2016 às 12:00
Notícias relacionadas:eso1641
Duração:30 s
Frame rate:30 fps

Sobre o objeto

Tipo:Milky Way : Star : Evolutionary Stage : Neutron Star

Ultra HD (info)


HD


Médio


For Broadcasters


Veja também