Aproximando-se da estrela Betelgeuse

Este vídeo leva o espetador desde a constelação de Orion até à superfície da estrela supergigante Betelgeuse, que sofreu uma diminuição de brilho sem precedentes no final de 2019 e início de 2020. À medida que nos aproximamos da estrela, podemos ver as suas "chamas": nuvens de poeira capturadas numa imagem obtida com o instrumento VISIR montado no Very Large Telescope (VLT) do ESO. O ponto que aparece no final do vídeo é uma imagem obtida em março de 2020 com o instrumento SPHERE também montado no VLT e que mostra a superfície visível de Betelgeuse, que tem um tamanho próximo do tamanho da órbita de Júpiter.

Crédito:

ESO/P. Kervella/M. Montargès et al., Digitized Sky Survey 2. Acknowledgement: E. Pantin, N. Risinger (skysurvey.org). Music: J. B. Monell (www.johanmonell.com)

Sobre o Vídeo

Id:eso2109d
Idioma:pt-br
Data de divulgação:16 de Junho de 2021 às 17:00
Notícias relacionadas:eso2109
Duração:39 s
Frame rate:25 fps

Sobre o objeto

Nome:Betelgeuse
Tipo:Milky Way : Star : Evolutionary Stage : Red Supergiant

Ultra HD (info)


HD


Médio


For Broadcasters