ann20034-pt — Anúncio

Incremento de fundos para o Extremely Large Telescope do ESO

4 de Dezembro de 2020

O Extremely Large Telescope (ELT), o novo telescópio emblemático do ESO que está a ser construido para responder às maiores questões sobre o nosso Universo, teve um aumento de 10% no seu orçamento. O incremento de financiamento aprovado pelo Conselho do ESO — o corpo dirigente da organização — eleva a 1,3 mil milhões de euros o custo total do projeto. O telescópio de 39 metros, que está a ser construído no topo do Cerro Armazones perto do Observatório do Paranal do ESO no norte do Chile, deverá começar a operar dentro de 5 ou 6 anos.

“A decisão do Conselho significa que o ESO terá fundos para construir uma máquina científica extremamente ambiciosa e poderosa, completamente integrada com o Observatório do Paranal do ESO, e que vai de encontro às expectativas de longo prazo da comunidade astronómica,” disse o Diretor Geral do ESO Xavier Barcons. No total, 80% do orçamento do ELT está a ser investido em contratos com indústria nos Estados Membros do ESO e no Chile. 

O incremento de fundos irá fortalecer as capacidades científicas do telescópio, trazendo-as ao que tinha sido proposto no programa original do ELT aprovado pelo Conselho em 2012. Dois anos mais tarde, o Conselho do ESO deu luz verde para a construção do ELT, mas estipulou que esta deveria ocorrer em duas fases, com financiamento aprovado apenas para um "ELT de Fase 1", completamente operacional mas menos poderoso. 

O orçamento agora revisto inclui a aquisição de componentes originalmente diferidos para a segunda fase do projeto, tais como a segunda estação pré-focal do telescópio, mais dois sistemas de estrela guia laser, um conjunto de equipamento de monitorização atmosférica relevante para a astronomia e um pequeno edifício técnico no Armazones para optimizar as operações e atividades de manutenção. O novo orçamento incorpora ainda o impacto de riscos técnicos conhecidos no custo e na agenda de construção e inclui também o custo das atividades necessárias para que o ELT entre em operação como parte integrante do Observatório do Paranal.

Este incremento de fundos vem no seguimento de um exercício de custo total do ELT iniciado em 2019, um exemplo da constante monitorização do projeto por parte do ESO e do seu empenho em obter um telescópio verdadeiramente pioneiro que investigará os maiores desafios astronómicos da nossa época e fará descobertas inimagináveis. Um empreendimento verdadeiramente internacional, este ambicioso projeto do ESO torna-se possível graças aos funcionários e órgãos dirigentes da organização, à comunidade astronómica, a instituições científicas e indústria dos Estados Membros e também ao Chile, o Estado de acolhimento dos observatórios do ESO.

Contactos

Xavier Barcons
Director General
Garching bei München, Alemanha
Email: dg@eso.org

Roberto Tamai
ELT Programme Manager
Garching bei München, Alemanha
Tel: +49 89 3200 6367
Email: rtamai@eso.org

Bárbara Ferreira
ESO Public Information Officer
Garching bei München, Alemanha
Tel: +49 89 3200 6670
Email: pio@eso.org

Sobre o anúncio

Id:ann20034

Imagens

Novo telescópio pioneiro
Novo telescópio pioneiro