O proto-superenxame Hyperion

Com o auxílio do instrumento VIMOS, montado no Very Large Telescope do ESO, uma equipa internacional de astrónomos descobriu uma estrutura colossal no Universo primordial. O proto-superenxame de galáxias — ao qual se chamou Hyperion — foi descoberto por meio de novas medições, às quais se juntaram análises complexas de dados de arquivo. Trata-se da maior e mais massiva estrutura alguma vez encontrada num tempo tão remoto e a uma distância tão grande — cerca de 2 mil milhões de anos após o Big Bang.

Créditos:

ESO/L. Calçada & Olga Cucciati et al.

Sobre a imagem

Id:eso1833a
Língua:pt
Tipo:Ilustração
Data de divulgação:17 de Outubro de 2018 às 17:00
Notícias relacionadas:eso1833
Tamanho:6000 x 3375 px

Sobre o objeto

Nome:Hyperion
Tipo:Early Universe : Galaxy : Grouping : Supercluster

Formatos de imagens

JPEG grande
2,0 MB

Zoom


Papéis de parede

1024x768
195,9 KB
1280x1024
268,1 KB
1600x1200
359,9 KB
1920x1200
441,5 KB
2048x1536
510,0 KB

 

Veja também