Simulação de matéria a orbitar perto de um buraco negro

Com o auxílio do GRAVITY, o instrumento extremamente sensível do ESO, uma equipa internacional de cientistas confirmou, como se suponha há muito tempo, que um buraco negro supermassivo se esconde no centro da Via Láctea. Novas observações mostram nodos de gás a deslocarem-se a velocidades de cerca de 30% da velocidade da luz, numa órbita circular logo a seguir ao horizonte de acontecimentos do buraco negro de 4 milhões de massas solares, o que corresponde à primeira vez que se observa matéria a orbitar próximo do ponto de não retorno. Estas são também as observações mais detalhadas obtidas até à data de matéria a orbitar tão perto de um buraco negro.

Esta visualização usa dados de simulações de movimentos orbitais de gás a deslocar-se numa órbita circular em torno do buraco negro, a uma velocidade de cerca de 30% da velocidade da luz.

 

Créditos:

ESO/Gravity Consortium/L. Calçada

Sobre a imagem

Id:eso1835a
Língua:pt
Tipo:Ilustração
Data de divulgação:31 de Outubro de 2018 às 10:00
Notícias relacionadas:eso1835
Tamanho:2970 x 2972 px

Sobre o objeto

Nome:Sagittarius A*
Tipo:Milky Way : Galaxy : Component : Central Black Hole

Formatos de imagens

JPEG grande
2,5 MB

Zoom


Papéis de parede

1024x768
190,2 KB
1280x1024
329,0 KB
1600x1200
510,9 KB
1920x1200
649,5 KB
2048x1536
876,7 KB

 

Veja também