eso1713pt — Nota de Imprensa Institucional

Entrega da Residencia ALMA

Novas instalações no Chile para o pessoal e visitantes do ALMA

25 de Abril de 2017

A nova Residencia ALMA, situada no Local de Apoio às Operações do ALMA, acaba de ser entregue ao Observatório Conjunto ALMA. No evento de celebração deste marco estiveram presentes o Conselho do ALMA e os directores dos três executivos — ESO, NAOJ e NRAO. Estiveram igualmente presentes os arquitectos que conceberam o edifício. A Residencia ALMA é a última grande construção a ser entregue pelo ESO ao projeto ALMA.

A entrega da Residencia ALMA constitui um marco no desenvolvimento do Atacama Large Millimeter/submillimeter Array (ALMA). O novo edifício acomodará o pessoal que trabalha no ALMA, assim como os visitantes do Local de Apoio às Operações do ALMA, situado perto de San Pedro de Atacama no norte do Chile, a apenas 28 km do telescópio propriamente dito. O ESO construiu a Residencia, que constitui a sua última contribuição importante ao projeto ALMA.

O design do edifício foi concebido pelos arquitectos finlandeses Kouvo & Partanen, tendo sido depois adaptado para o mercado chileno por Rigotti & Simunovic Arquitectos, uma empresa de arquitectura chilena. O contrato de construção foi adjudicado ao consórcio AXIS LyD Construcciones Ltda, constituído por Constructora L y D S.A. e Axis Desarrollos Constructivos S.A., ambas companhias chilenas com larga experiência na construção de edifícios residenciais no ambiente inóspito do norte chileno. A construção começou oficialmente a 23 de fevereiro de 2015.

Os edifícios foram concebidos de modo a que a forma e cor do seu exterior se enquadrasse na topologia, no meio envolvente e na paisagem do local. Dadas as condições inóspitas do deserto, a localização remota e o padrão de trabalho do pessoal do ALMA (tanto de dia como de noite), a Residencia foi concebida para oferecer um ambiente calmo e agradável ao pessoal e visitantes, vindos de muitos países diferentes.

A Residencia tem duas zonas principais: áreas comuns e dormitórios. O design baseia-se num conceito modular, de modo a que possam ser acrescentadas mais acomodações consoante as necessidades. Atualmente, existem 120 quartos situados em 6 edifícios. As áreas comuns dispõem de biblioteca, cafeteria, salão, spa com ginásio, piscina, sauna e zona de barbecue. Há também uma cozinha e uma sala de jantar extensa, com espaço suficiente para acomodar metade dos residentes de uma só vez.

O Local de Apoio às Operações do ALMA, onde está situada a Residencia, situa-se 2000 metros abaixo do telescópio propriamente dito, o qual está instalado no cimo do planalto do Chajnantor. O ALMA é composto por 66 antenas de alta precisão, de 12 e 7 metros de diâmetro, que operam nos comprimentos de onda do milímetro e do submilímetro. O observatório iniciou observações científicas no final de setembro de 2011 e estuda os blocos constituintes de estrelas, sistemas planetários, galáxias e da própria vida, permitindo aos astrónomos explorar algumas das questões mais profundas relativas às nossas origens cósmicas.

Informações adicionais

O Atacama Large Millimeter/submillimeter Array (ALMA), uma infraestrutura astronómica internacional, é uma parceria entre o ESO, a Fundação Nacional para a Ciência dos Estados Unidos (NSF) e os Institutos Nacionais de Ciências da Natureza (NINS) do Japão, em cooperação com a República do Chile. O ALMA é financiado pelo ESO em prol dos seus Estados Membros, pela NSF em cooperação com o Conselho de Investigação Nacional do Canadá (NRC) e do Conselho Nacional Científico da Ilha Formosa (NSC) e pelo NINS em cooperação com a Academia Sinica (AS) da Ilha Formosa e o Instituto de Astronomia e Ciências do Espaço da Coreia (KASI).

A construção e operação do ALMA é coordenada pelo ESO, em prol dos seus Estados Membros; pelo Observatório Nacional de Rádio Astronomia dos Estados Unidos (NRAO), que é gerido pela Associação de Universidades, Inc. (AUI), em prol da América do Norte e pelo Observatório Astronómico Nacional do Japão (NAOJ), em prol do Leste Asiático. O Observatório Conjunto ALMA (JAO) fornece uma liderança e gestão unificadas na construção, comissionamento e operação do ALMA.

O ESO é a mais importante organização europeia intergovernamental para a investigação em astronomia e é de longe o observatório astronómico mais produtivo do mundo. O ESO é  financiado por 16 países: Alemanha, Áustria, Bélgica, Brasil, Dinamarca, Espanha, Finlândia, França, Holanda, Itália, Polónia, Portugal, Reino Unido, República Checa, Suécia e Suíça, assim como pelo Chile, o país de acolhimento. O ESO destaca-se por levar a cabo um programa de trabalhos ambicioso, focado na concepção, construção e operação de observatórios astronómicos terrestres de ponta, que possibilitam aos astrónomos importantes descobertas científicas. O ESO também tem um papel importante na promoção e organização de cooperação na investigação astronómica. O ESO mantém em funcionamento três observatórios de ponta no Chile: La Silla, Paranal e Chajnantor. No Paranal, o ESO opera  o Very Large Telescope, o observatório astronómico óptico mais avançado do mundo e dois telescópios de rastreio. O VISTA, o maior telescópio de rastreio do mundo que trabalha no infravermelho e o VLT Survey Telescope, o maior telescópio concebido exclusivamente para mapear os céus no visível. O ESO é um parceiro principal no ALMA, o maior projeto astronómico que existe atualmente. E no Cerro Armazones, próximo do Paranal, o ESO está a construir o European Extremely Large Telescope (E-ELT) de 39 metros, que será “o maior olho do mundo virado para o céu”.

Links

Contactos

Margarida Serote
Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço
Portugal
Telm.: 964951692
Email: eson-portugal@eso.org

Richard Hook
ESO Public Information Officer
Garching bei München, Germany
Tel.: +49 89 3200 6655
Telm.: +49 151 1537 3591
Email: rhook@eso.org

Connect with ESO on social media

Este texto é a tradução da Nota de Imprensa do ESO eso1713, cortesia do ESON, uma rede de pessoas nos Países Membros do ESO, que servem como pontos de contacto local com os meios de comunicação social, em ligação com os desenvolvimentos do ESO. A representante do nodo português é Margarida Serote.

Sobre a Nota de Imprensa

Nº da Notícia:eso1713pt
Nome:ALMA Residencia
Tipo:Unspecified : Technology : Observatory : Facility
Facility:Atacama Large Millimeter/submillimeter Array

Imagens

A Residencia ALMA
A Residencia ALMA
A entrega da Residencia ALMA
A entrega da Residencia ALMA
A entrega da Residencia ALMA
A entrega da Residencia ALMA

Vídeos

ESOcast 103 Light:  Desvendadas as novas instalações do ALMA (4K UHD)
ESOcast 103 Light: Desvendadas as novas instalações do ALMA (4K UHD)
Vídeo time-lapse da construção da Residencia ALMA
Vídeo time-lapse da construção da Residencia ALMA
Vídeo time-lapse da construção da Residencia ALMA
Vídeo time-lapse da construção da Residencia ALMA

Veja também