Aproximação ao local da Nova Vul 1670 na constelação do Raposinho

Esta sequência vídeo leva-nos até uma zona muito rica da Via Láctea setentrional na constelação do Raposinho, próximo da mais famosa constelação do Cisne. Este local era onde se situava a estrela brilhante que apareceu no céu em 1670 e que foi documentada por muitos astrónomos na altura.

Observações recentes obtidas com o APEX e outros telescópios revelaram que a estrela que os astrónomos europeus viram não era uma nova, mas sim um tipo muito mais raro e violento de colisão estelar. A explosão foi suficientemente espectacular para ser observada a olho nu durante a primeira fase, mas os traços que deixou eram tão fracos que foi necessário fazer análises muito detalhadas com telescópios submilimétricos, mais de 340 anos depois, para se conseguir desvendar o mistério.

Créditos:

ESO/Digitized Sky Survey 2/N. Risinger (skysurvey.org) Acknowledgement: Davide De Martin. Music: Johan B. Monell (www.johanmonell.com)

Sobre o vídeo

Id:eso1511a
Língua:pt
Data de divulgação:23 de Março de 2015 às 17:00
Notícias relacionadas:eso1511
Duração:50 s
Frame rate:30 fps

Sobre o objeto


Ultra HD (info)


HD


Large

QT grandes
13,5 MB

Medium

MPEG-1 médios
23,7 MB
Flash médios
11,6 MB

For Broadcasters


Veja também