ann17064-pt — Anúncio

ESOcast 130: Porque é que os astrónomos querem usar o ALMA — expoente máximo de tecnologia de vanguarda

2 de Outubro de 2017

Certamente que maior é melhor no que diz respeito a telescópios que observam o vasto Universo? Na realidade, nem sempre. O ALMA é a maior infraestrutura colocada no solo para a observação de ondas rádio, mas efectivamente é composto de 66 antenas amovíveis, relativamente pequenas, que trabalham em uníssono. As imagens obtidas por esta rede composta de unidades individuais a trabalhar em conjunto é semelhante ao que se obteria com um único telescópio de 16 km de diâmetro.

O ESOcast 130 descreve porque é que os astrónomos estão tão interessados em explorar o enorme tamanho e poder do ALMA e como é que esta tecnologia de vanguarda está a levar a cabo observações de precisão e qualidade sem precedentes.

Pode subscrever os ESOcasts no iTunes, receber episódios futuros no YouTube ou seguir-nos no Vimeo.

Encontram-se disponíveis mais episódios do ESOcast.

Descubra como pode ver e contribuir com legendas para o ESOcast em diversas línguas ou traduzir este vídeo no YouTube.

Links

Contactos

Richard Hook
ESO Public Information Officer
Garching bei München, Alemanha
Tel: +49 89 3200 6655
Telm: +49 151 1537 3591
Email: rhook@eso.org

Sobre o anúncio

Id:ann17064

Imagens

Cena do ESOcast 130
Cena do ESOcast 130

Vídeos

ESOcast 130: Porque é que os astrónomos querem usar o ALMA — expoente máximo de tecnologia de vanguarda
ESOcast 130: Porque é que os astrónomos querem usar o ALMA — expoente máximo de tecnologia de vanguarda