Um arco lácteo sobre o Paranal

Outra noite límpida no Observatório do Paranal do ESO, no Chile, perfeita para nos sentarmos e observarmos a nossa galáxia, a Via Láctea. Muitos de nós, que vivemos em cidades com muita população e poluição luminosa, não conseguimos observar a nossa casa cósmica com tanto pormenor.

Sabemos que esta vista magnífica é a nossa casa galáctica, mas os antigos gregos pensavam que se tratava do trabalho dos deuses. As suas lendas contam que este trilho nebuloso ao longo do céu era na realidade o leite do peito de Hera, a esposa de Zeus. É também aos antigos gregos que devemos o nome “Via Láctea”. A frase em grego Γαλαξίας κύκλος, que se pronuncia galaxias kyklos significa “círculo lácteo” e é a raiz do nome moderno.

Esta fotografia foi tirada pelo Embaixador Fotográfico do ESO Gabriel Brammer. Podemos ver no lado direito da imagem um astrónomo visitante a admirar a vista.

Créditos:

ESO/G. Brammer

Sobre a imagem

Id:potw1411a
Língua:pt
Tipo:Fotográfico
Data de divulgação:17 de Março de 2014 às 10:00
Tamanho:18000 x 6925 px

Sobre o objeto

Nome:Cerro Paranal, Milky Way, Paranal
Tipo:• Milky Way : Cosmology
• X - Paranal

Formatos de imagens

JPEG grande
57,0 MB

Zoom


Papéis de parede

1024x768
325,1 KB
1280x1024
541,3 KB
1600x1200
791,0 KB
1920x1200
938,8 KB
2048x1536
1,3 MB

 

Veja também