Evolução dos enxames globulares

Loading player...

Este vídeo mostra o movimento das estrelas vagabundas azuis nos enxames globulares, ao longo do tempo. As estrelas vagabundas azuis são estrelas azuis e brilhantes, com massas mais elevadas do que a média da das estrelas de um enxame, e pensa-se que se desloquem para o interior do enxame com o tempo. As que se encontram mais próximo do núcleo do enxame são as primeiras a migrar na sua direção, com as vagabundas azuis mais distantes a deslocarem-se progressivamente para dentro, com o tempo.

Um novo estudo, que utilizou dados do Telescópio Espacial Hubble da NASA/ESA e do telescópio MPG/ESO de 2,2 metros, mostrou que nem todos os enxames globulares evoluem à mesma taxa. Embora todos os enxames globulares sejam velhos (com mais de 10 mil milhões de anos), a distribuição estelar no interior de alguns permanece jovem, com as estrelas vagabundas azuis espalhadas um pouco por todo o enxame. Outros envelhecem prematuramente, com estas estrelas todas situadas no seu centro.

Créditos:

ESO/NASA/ESA, L. Calçada, F. Ferraro (University of Bologna)

Bookmark and Share

Sobre o vídeo

Id:eso1252a
Língua:pt
Data de divulgação:19 de Dezembro de 2012 às 19:00
Notícias relacionadas:eso1252
Duração:30s

Sobre o objeto

Nome:NGC 6388
Tipo:• Milky Way : Star : Grouping : Cluster : Globular
• X - Star Clusters

Large

QT grandes
5,3 MB

Medium

MPEG-1 médios
12,0 MB
Flash médios
5,6 MB

Small

QT pequenos
1,4 MB

For Broadcasters

Programas em SD
153,2 MB

Veja também