Aninhado no Cerro Paranal

Quando o Sol se põe, os seus últimos raios iluminam o Very Large Telescope do ESO (VLT) na altura que este se prepara para outra noite a observar o cosmos! Este ângulo invulgar revela o interior industrial de um dos quatro Telescópios Principais de 8,2 metros de compõem o VLT, instalado no cimo do Cerro Paranal, no Chile.

A cúpula do telescópio desempenha um papel fundamental na preservação da posição do VLT como o observatório astronómico terrestre mais avançado do mundo. O enorme sistema de ar condicionado — visto na imagem como a tubagem metálica que serpenteia em torno do telescópio — e a cúpula de vanguarda trabalham em uníssono para manter um perfeito ambiente de observação. A cúpula protege o telescópio do inóspito meio envolvente e à noite protege os instrumentos sensíveis das condições atmosféricas ventosas, que poderiam alterar a forma do fino espelho primário e desfocar assim as observações.

Esta fotografia foi obtida pelo Embaixador Fotográfico do ESO Alexandru Tudorică.

Créditos:

ESO/A. Tudorică

Sobre a imagem

Id:potw1745a
Língua:pt
Tipo:Fotográfico
Data de divulgação:6 de Novembro de 2017 às 06:00
Tamanho:5184 x 3456 px

Sobre o objeto

Nome:VLT Unit Telescopes
Tipo:Unspecified : Technology : Observatory : Telescope

Formatos de imagens

JPEG grande
7,3 MB

Zoom


Papéis de parede

1024x768
489,3 KB
1280x1024
743,0 KB
1600x1200
1,0 MB
1920x1200
1,2 MB
2048x1536
1,6 MB

 

Veja também