Anúncios

ann13022-pt — Anúncio
Mapa enorme do Universo longínquo já vai a meio caminho
12 de Março de 2013: O maior projeto alguma vez levado a cabo para mapear o Universo a três dimensões com o auxílio dos telescópios do ESO, chegou a meio caminho. Uma equipa internacional de astrónomos utilizou o instrumento VIMOS montado no Very Large Telescope do ESO para medir as distâncias a 55 000 galáxias [1], no âmbito do rastreio VIPERS [2]. Este resultado permitiu já criar uma imagem a três dimensões da distribuição das galáxias no Universo jovem e revela com grande detalhe a complexa teia da estrutura a larga escala do Universo.Ao estudar a teia cósmica, os astrónomos podem testar teorias de formação e evolução do Universo e procurar propriedades da misteriosa energia escura, que está a fazer com que a expansão do Universo se acelere. Ao mapear como é que a estrutura a larga escala cresceu com o tempo, os astrónomos podem também determinar se a teoria da relatividade geral de Einstein ...
ann13021-pt — Anúncio
Parceria com Asas para a Ciência
7 de Março de 2013: O ESO iniciou uma parceria na área da divulgação com o projeto ORA Asas para a Ciência, que oferece apoio aéreo a organizações públicas de investigação, numa viagem que está a realizar pelo mundo inteiro. O projeto obteve recentemente algumas belas imagens dos observatórios no norte do Chile, tal como o maior projeto astronómico que existe, o internacional  Atacama Large Millimeter/submillimeter Array (ALMA).ORA (Observar, Relatar, Analizar) é uma organização sem fins lucrativos, cujos membros são cientistas, professores ou profissionais de aeronáutica. Os dois membros da equipa do projeto Asas para a Ciência, Clémentine Bacri e Adrien Normier, voam em redor do mundo, ajudando os cientistas com as suas capacidades aéreas, em projetos tão diversos como amostragens de ar no âmbito da arqueologia, observação de biodiversidade e modelização de terreno a 3D. Os pequenos filmes e belas imagens produzidos durante os voos são utilizados para fins educativos e promoção da investigação ...
ann13020-pt — Anúncio
Assessoria de Imprensa: Conferência de imprensa virtual marca a inauguração do ALMA
6 de Março de 2013: No dia 13 de março de 2013 o Atacama Large Millimeter/submillimeter Array (ALMA) [1], o maior projeto astronómico do mundo, será inaugurado no Chile, celebrando assim a transição do ALMA de projeto em construção a observatório completamente operacional. Para os membros dos media que não possam estar presentes na inauguração, as organizações parceiras no ALMA irão organizar uma conferência de imprensa online via Adobe Connect no dia 12 de março de 2013 às 11:00 (hora de Portugal Continental).Haverá apresentações sobre o desenvolvimento, a inauguração e o futuro do projeto ALMA, incluindo os mais recentes resultados científicos obtidos com o telescópio. Os jornalistas terão a oportunidade de colocar questões aos engenheiros e cientistas do ALMA. Os palestrantes serão Thijs de Graauw, o Diretor do ALMA, Ryohei Kawabe, o Cientista Principal do ALMA, Ewine van Dishoeck, professora na Universidade de Leiden e ex-membro do Painel do ALMA, e Michael Thorburn, Chefe do ...
ann13019-pt — Anúncio
Reino Unido confirma participação no E-ELT
4 de Março de 2013: Representantes do Reino Unido confirmaram a 3 de março de 2013 que o país vai participar no programa do European Extremely Large Telescope (E-ELT), o que eleva a onze o número de países membros do ESO a juntarem-se até agora a este projeto.O Reino Unido é um membro do ESO a 16% e o recém anunciado investimento no E-ELT remonta a 88 milhões de libras (aproximadamente 100 milhões de euros) pagos ao longo dos 10 anos do período de construção.“Este é um enorme passo em frente para o projeto E-ELT,” diz Tim de Zeeuw, o Diretor Geral do ESO. “O Reino Unido contribuiu já de forma significativa para a conceção do telescópio e os astrónomos e indústria do país estão bem posicionados para darem importantes contribuições quando o projeto entrar em fase de construção.”O Reino Unido liderou o desenvolvimento da parte científica do projeto e desenvolveu o design de instrumentos, ...
ann13018-pt — Anúncio
Moldando o futuro do E-ELT
4 de Março de 2013: De 25 de fevereiro a 1 de março de 2013, foi organizado pelo ESO, em Garching, Alemanha, um importante workshop sobre o futuro da instrumentação do European Extremely Large Telescope (E-ELT), intitulado Moldando a Ciência e a Instrumentação do E-ELT. O E-ELT é um telescópio terrestre revolucionário, que terá um espelho principal de 39 metros e, quando estiver pronto na próxima década, será o maior telescópio do mundo  a operar na região do óptico/infravermelho próximo.O encontro suscitou muito interesse, tanto que o plano original de se realizar na Sede do ESO teve que ser abandonado e procurado um local que acomodasse maior número de pessoas, já que mais de 180 astrónomos de toda a Europa participaram no evento.Esta conferência pretendeu reunir as ideias e visões da comunidade europeia sobre o futuro plano de acção para o E-ELT e considerar quais os instrumentos que deverão ser escolhidos para serem implementados logo ...
ann13017-pt — Anúncio
Encontra-se disponível um novo Boletim Científico do ESO
1 de Março de 2013: Os utilizadores do ESO e a comunidade astronómica em geral têm agora uma fonte de informação atualizada das últimas novidades do ESO. O Boletim Científico do ESO (ESO Science Newsletter) substitui o Boletim Eletrónico do ESO (Enews) e vem num novo formato. Será uma continuação e ampliação do papel exercido pela publicação anterior. A continuidade está garantida pelo editor Jeremy Walsh, que também edita o ESO Messenger. Dentre os destaques desta edição está o anúncio do Pedido de Propostas de Observação para o Período 92 do ESO. A ESO Science Newsletter visa oferecer notícias relevantes e oportunas aos utilizadores das instalações do ESO, complementando as informações apresentadas nas notas de imprensa científicas e no ESO Messenger com artigos aprofundados e informacões gerais sobre a organização. A publicação visa também disponibilizar aos leitores links de interesse no website do ESO. A lista de distribuição da ESO Science Newsletter é a mesma da Enews anterior.
ann13016-pt — Anúncio
Transmissão em directo da inauguração do ALMA
1 de Março de 2013: No dia 13 de março de 2013 o Atacama Large Millimeter/submillimeter Array (ALMA) - o maior projeto astronómico terrestre do mundo - será inaugurado, marcando assim a transição de projeto em construção para observatório totalmente operacional. De modo a permitir às pessoas de todo o mundo assistir ao alcançar deste importante marco histórico na demanda da humanidade para compreender o cosmos, a inauguração vai ser transmitida em directo pela internet, a partir das instalações do Centro de Apoio às Operações do observatório, situado a uma altitude de 2900 metros nos Andes chilenos. A transmissão far-se-á entre as 14:30 e as 16:00 (hora de Portugal Continental).A transmissão estará disponível nesse dia em http://www.almaobservatory.org/inauguration/. O presidente do Chile, Sebastián Piñera, juntamente com centenas de convidados, entre eles representantes da comunidade científica mundial, pessoal e ex-pessoal do ESO, e comunidades situadas próximo do ALMA, celebrarão o sucesso do projeto. Serão também apresentados os ...
ann13015-pt — Anúncio
Novo hardware leva interferómetro mais além
1 de Março de 2013: O ESO acaba de receber o último de uma série de sofisticados sistemas ópticos e mecânicos chamados separadores de estrelas para o Interferómetro do Very Large Telescope (VLTI). Estes sistemas vindos do instituto de investigação holandês TNO permitirão aos futuros instrumentos do VLTI observar objetos muito mais ténues do que o que era possível até agora.É necessária uma estrela brilhante como referência para que o VLTI possa corrigir das condições atmosféricas em constante variação e permaneça perfeitamente ajustado a precisões extremamente elevadas. Atualmente, esta estrela brilhante é também o alvo das observações, limitando por isso o tipo de objetos que os astrónomos podem observar com o VLTI. No entanto, a nova tecnologia do separador de estrelas permite que dois objetos sejam observados ao mesmo tempo: uma estrela brilhante como referência para a atmosfera e um objeto ténue a ser estudado. As correções obtidas através do objeto brilhante aplicam-se ao objeto ...
ann13014-pt — Anúncio
Como é operado o Very Large Telescope?
27 de Fevereiro de 2013: O ESO produziu e publicou uma brochura contendo informação sobre o funcionamento da instrumentação de vanguarda e das infraestruturas fornecidas pelo Very Large Telescope (VLT), instalado no Paranal, Chile. A publicação, intitulada Operando o Very Large Telescope, descreve o processo das operações científicas do princípio ao fim: como é distribuído o tempo de observação no VLT, a eficácia e flexibilidade do processo de obtenção de algum deste tempo; como é observar num local como o Paranal e como é que os dados são colectados, guardados e partilhados.A agenda de observação do VLT, assim como a recolha e arquivo dos dados observacionais, é feita por equipas que se encontram na Sede do ESO em Garching, Alemanha e nos diferentes locais do ESO no Chile. A forte ligação entre Garching e o Chile, o país de acolhimento do ESO, permitiu que o VLT se desenvolvesse desde uma ideia até a máquina de ...
ann13013-pt — Anúncio
Assessoria de Imprensa: Príncipes Herdeiros da Dinamarca encontram-se com a Imprensa no Observatório do Paranal
26 de Fevereiro de 2013: No dia 14 de março de 2013, Sua Alteza Real, o Príncipe Herdeiro da Dinamarca, visitará o Observatório do Paranal do ESO no Chile, acompanhado pela sua esposa, Sua Alteza Real a Princesa Herdeira. A Dinamarca é membro do ESO desde 1967, e esta visita enquadra-se na visita oficial que o casal real está a fazer a todo o país, reforçando os diversos laços existentes entre a Dinamarca e o Chile no âmbito da cultura, indústria, saúde, meio ambiente e ciência.O casal real encontrar-se-á com a imprensa no exterior da Residência do Paranal às 19:45 (hora de Portugal Continental) / 16:45 (hora oficial do Chile) no dia 14 de março de 2013. Os membros da imprensa está convidados a assistir de forma presencial. Para aproveitar esta oportunidade ou receber informação adicional, cada correspondente deve obter uma acreditação, pedindo-a por correio electrónico para Mathieu Isidro (misidro@eso.org). Ser-lhes-á enviado um email de ...
ann13012-pt — Anúncio
Publicada nova brochura ALMA
25 de Fevereiro de 2013: Uma nova brochura intitulada O Universo ALMA detalhando a concepção, construção e uso do Atacama Large Millimeter/submillimeter Array (ALMA) foi publicada pelo ESO em colaboração com os seus parceiros nos Estados Unidos (NRAO) e no Leste Asiático (NAOJ). A publicação descreve as componentes e propriedades do observatório que o tornam um projeto verdadeiramente inovador, desde a sua localização até às suas antenas revolucionárias, os seus receptores e transportadores especializados, o poderoso supercomputador que é o correlador ALMA, a sua alta resolução de imagem e as suas imagens astronómicas extremamente nítidas.A brochura destaca também algumas das descobertas científicas mais recentes feitas com o ALMA. Embora ainda não se encontre completamente operacional, a rede teve já resultados extraordinários utilizando apenas uma parte das antenas durante a fase observacional de Ciência Preliminar.A brochura ALMA encontra-se disponível online em inglês e em espanhol.
ann13011-pt — Anúncio
Entrega do último módulo de primeira interface do ALMA
22 de Fevereiro de 2013: O último sistema de primeira interface para o Atacama Large Millimeter/submillimeter Array (ALMA) foi entregue no Centro de Apoio às Operações (OSF, sigla do inglês) no Chile, atingindo-se assim outro marco no culminar do projeto. Com uma primeira interface instalada em cada uma das 66 antenas do ALMA, estas componentes são o primeiro passo de uma longa cadeia de dispositivos que recebem, convertem, processam e registam os dados astronómicos colectados pelo telescópio. Cada componente contém um conjunto de receptores extremamente sensíveis, arrefecidos a uma temperatura de apenas quatro graus acima do zero absoluto (-269º Celsius), que detectam a radiação que o ALMA “vê”, nos comprimentos de onda do milímetro e do submilímetro.A construção destes componentes do ALMA foi partilhada entre os vários parceiros do projeto, tanto na Europa, como na América do Norte e Leste Asiático. Vinte e seis de um total de 70 unidades foram construídas no Centro de ...
ann13010-pt — Anúncio
Novo Laser melhora as capacidades do VLT
21 de Fevereiro de 2013: Um novo laser mais poderoso acaba de ser testado com sucesso no Observatório do Paranal do ESO, tendo sido formalmente aceite hoje. Este novo laser chama-se PARLA e será uma parte fundamental da Infraestrutura de Estrela Guia Laser (LGSF, sigla do inglês) no Very Large Telescope do ESO (VLT).O laser é usado para gerar uma estrela artificial a cerca de 90 quilómetros de altitude na atmosfera [1]. Esta informação é depois utilizada para ajustar em tempo real os espelhos deformáveis, de modo a corrigir as observações da maior parte das perturbações causadas pelo constante movimento da atmosfera, criando assim imagens muito mais nítidas.Este novo laser irá aumentar grandemente a fiabilidade e flexibilidade das operações da LGSF. O sistema usa tecnologia semelhante àquela que será utilizada nos quatro lasers da futura Infraestrutura de Óptica Adaptativa, que se encontra atualmente em desenvolvimento no ESO. O novo laser tem uma potência de 7 ...
ann13009-pt — Anúncio
O ESO continua a liderar como o observatório terrestre mais produtivo do mundo
19 de Fevereiro de 2013: Uma análise do número de artigos científicos com júri de leitura publicados em 2012 utilizando dados obtidos pelos telescópios e instrumentos do ESO, mostrou que o ESO continua a liderar como o observatório terrestre mais produtivo do mundo. Foram publicados mais de 870 artigos com júri de leitura utilizando dados do ESO no ano passado, o que corresponde um aumento significativo relativamente aos totais anteriores e é também o maior número de publicações num ano em toda a história do ESO. O número de artigos escritos em 2012 utilizando dados do ESO, ficou ligeiramente à frente dos artigos que utilizaram dados do Telescópio Espacial Hubble da NASA/ESA.Cerca de 70% de todos os artigos escritos em 2012 com créditos dados ao ESO, utilizam dados obtidos pelo Very Large Telescope (VLT)/Interferómetro do VLT, uma fracção que vem aumentando de forma consistente ao longo dos últimos três anos. Outras infraestruturas astronómicas no Observatório ...
annlocal13001-pt — Anúncio
Cosmos deslumbra portugueses a partir do mês de Fevereiro
15 de Fevereiro de 2013: Dezenas de imagens astronómicas poderão ser vistas na exposição Um Universo Deslumbrante, a partir do dia 8 de Fevereiro no Museu Nacional de História Natural e da Ciência (MNHNC), em Lisboa. O público poderá observar imagens de galáxias, nebulosas e enxames de estrelas, em grande formato e em alta definição, obtidas pelos telescópios do Observatório Europeu do Sul (ESO) no âmbito da celebração dos 50 anos desta instituição europeia para a investigação em astronomia. Portugal, membro do ESO desde 2001, associa-se assim a este evento, que constitui um marco na história da astronomia na Europa. José Afonso, director do Centro de Astronomia e Astrofísica da Universidade de Lisboa (CAAUL) e comissário da exposição, sublinha que “este evento é, acima de tudo, uma homenagem à capacidade e ao engenho do ser humano, nesta eterna procura pelas suas origens. As imagens deslumbrantes em exposição mostram as maravilhas que o Universo nos oferece, ...
ann13008-pt — Anúncio
ESOcast 53: Chile Chill 3
15 de Fevereiro de 2013: Este é o terceiro episódio do Chile Chill, um tipo de ESOcast pensado para oferecer uma experiência calma do céu noturno chileno e dos locais de observação do ESO, sem a distração de factos ou narração. Neste episódio podemos apreciar magníficas imagens do deserto do Atacama, incluindo o vulcão Licancabur e o nascer da Lua sobre os Andes. Este episódio foca-se no ALMA, o Atacama Large Millimeter/submillimeter Array. Assista ao movimento sincronizado das antenas à medida que dançam para um plateia de estrelas a correr pelo céu em sequências time-lapse. O projeto ALMA está muito próximo de sua conclusão e encontra-se já a fornecer resultados significativos aos cientistas. O video está sincronizado com a música instrumental composta por John Stanford (johnstanfordmusic.com). Mais Informações O ESOcast é uma série de videocasts dedicada a levar até ao público as últimas novidades e investigação científica do ESO – o Observatório Europeu do Sul.  ...
ann13006-pt — Anúncio
ESO participa da maior cimeira internacional da história do Chile
22 de Janeiro de 2013: A Cimeira da Comunidade Latino Americana e Estados das Caraíbas (CELAC) e União Europeia, o maior evento já organizado pelo Chile, foi aberta pelo Presidente Sebastian Piñera hoje. A cúpula é um fórum de discussão de negócios internacionais, com 61 chefes de estado e governo e suas delegações convidadas, esperando-se ainda 1500 jornalistas de todo o mundo para além dos 3000 delegados que comparecerão. A cimeira ocorrerá entre 22 e 27 de janeiro em Santiago. A Astronomia será um tema importante durante o evento, com destaque em várias ocasiões nos ecrãs gigantes da conferência, através de imagens dos observatórios do ESO no norte do Chile. No Retiro, a pequena sala onde os chefes de estado se irão reunir em particular, para discutirem assuntos internacionais, um modelo do E-ELT do ESO decorará o centro da sala entre constelações do céu austral visíveis do Chile, dando uma excitante visão do futuro da ...
ann13004-pt — Anúncio
Novos países no ESO Science Outreach Network
22 de Janeiro de 2013: O ESO estendeu a sua Science Outreach Network (ESON, Rede de Divulgção Científica) ainda mais, ao designar representantes nacionais para a Rússia, Roménia e Letónia. A rede cobre agora 27 países, incluindo os 15 estados membros. A informação principal do site internet do ESO encontra-se agora disponível em 19 línguas diferentes, o que significa que mais de 1,5 mil milhões de pessoas podem aceder a informação sobre o ESO e ler sobre descobertas astronómicas na sua própria língua. As notas de imprensa são traduzidas em 17 línguas diferentes e muitas da Fotografias da Semana e Anúncios são postos à disposição do público cada vez em mais línguas diferentes. Os nodos do ESO Science Outreach Network actuam como contactos locais do ESO junto do público e dos media, com o intuito de promover a missão do ESO e demonstrar os muitos aspectos inspiradores da astronomia. Servem também como pontos de contacto ...
ann13003-pt — Anúncio
ESOcast 52: Chovendo Estrelas
15 de Janeiro de 2013: De 14 a 16 de dezembro de 2012, a chuva de meteoros Geminídeos fez uma aparição espetacular no Observatório do Paranal do ESO, no Chile. Enquanto os meteoros caíam em profusão no local, o embaixador fotográfico do ESO, Gianluca Lombardi, tinha a sua máquina de filmar em punho para registrar o espetáculo, tendo passado mais de 40 horas a gravar o evento. Os Geminídeos são uma chuva de estrelas cadentes que parecem emanar da constelação dos Gémeos. Esta chuva acontece quando a Terra atravessa a órbita de um asteroide chamado 3200 Phaeton, o que ocorre uma vez por ano, no mês de dezembro. As partículas que se encontram no rasto de poeira ao longo da órbita do asteróide incendeiam-se ao entrar em nossa atmosfera, criando os brilhantes e velozes pontos de luz característicos das chuvas de meteoros. Este é o segundo episódio do Chile Chill, um tipo de ESOcast pensado ...
ann13002-pt — Anúncio
ALMA duplica o seu poder na nova fase de observações avançadas
8 de Janeiro de 2013: O ALMA (Atacama Large Millimeter/submillimeter Array) começou uma fase mais avançada de observações científicas. Esta fase, conhecida como Ciclo 1 da Ciência Preliminar, durará até outubro de 2013. O poder do telescópio foi grandemente aumentado: fará agora observações com mais antenas, separadas de distâncias maiores que anteriormente, e utilizará pela primeira vez antenas da Rede Compacta (ACA, sigla do inglês Atacama Compact Array).Embora o ALMA ainda esteja em construção, as primeiras operações científicas começaram em 2011. Nesta fase, conhecida como Ciclo 0 da Ciência Preliminar, o ALMA ultrapassou, em termos de performance, todos os outros telescópios do seu tipo, e as suas capacidades sem precedentes trouxeram-nos a primeira onda de excitantes resultados científicos, durante o ano transacto (ver por exemplo ann12101, eso1216, eso1239 e eso1248).As observações do Ciclo 0 começaram com apenas 16 das 66 antenas que o telescópio final apresentará (será composto por uma rede principal de 50 antenas ...
Mostrar 161 até 180 de 257