ann16022-pt — Anúncio

Workshop para professores sobre as Leis de Kepler e a astronomia moderna

1 de Abril de 2016

O Planetário e Centro de Visitantes Supernova do ESO em colaboração com a Haus der Astronomie, em Heidelberg, está a organizar um workshop com a duração de um dia sobre as Leis de Kepler destinado a professores do ensino secundário, que se realizará no dia 1 de julho de 2016. Convidamos professores que falem alemão vindos de qualquer dos Estados Membros do ESO a participar.

O objetivo do workshop é mostrar quão importantes são as Leis de Kepler para a astronomia moderna. Em particular, a terceira lei de Kepler permite aos cientistas estimar as massas de buracos negros supermassivos e de planetas que orbitam outras estrelas, enquanto que desvios às leis de Kepler observados nas curvas de rotação das galáxias levaram à descoberta da matéria escura. Composto de uma combinação de várias palestras curtas de introdução e trabalhos práticos interactivos, os professores participantes do workshop terão acesso a materiais educativos que poderão usar diretamente nas suas salas de aula.

O Supernova do ESO encontra-se atualmente em construção e por isso a sessão decorrerá na Sede do ESO em Garching bei München e será em alemão. O programa completo do workshop pode ser consultado neste link.

Para mostrar o seu interesse em participar preencha por favor este formulário [1]. O período de inscrições termina a 30 de maio de 2016.

Notas

[1] Para professores da Baviera: este workshop é um workshop do tipo Fortbildung in bayerischen Schulen (FIBS). Informações detalhadas sobre a inscrição FIBS serão enviadas após o registo no nosso website.

Mais informação

Planetário e Centro de Visitantes Supernova do ESO

O Supernova do ESO é um centro de astronomia de vanguarda situado no mesmo local que a Sede do ESO em Garching bei München, que dará aos seus visitantes uma experiência imersiva e deslumbrante do Universo onde vivemos. A partir de 2017, o Centro dará às escolas e famílias uma experiência de aprendizagem inesquecível, onde os tópicos mais abstractos e complexos da astronomia e física serão explicados e visualizados de maneira inovadora.

O Supernova do ESO surge de uma colaboração entre o Observatório Europeu do Sul (ESO) e o Instituto de Estudos Teóricos de Heidelberg (HITS). O edifício foi doado pela Klaus Tschira Stiftung (KTS), uma fundação alemã e o ESO encarregar-se-á de dirigir e operar a infraestrutura.

KTS

A Klaus Tschira Stiftung (KTS) foi fundada em 1995 pelo físico e co-fundador Klaus Tschira e trata-se de uma das maiores fundações europeias financiadas a título privado sem fins lucrativos. A Fundação promove o avanço das ciências naturais, matemática e ciência de computadores, pretendendo aumentar o gosto por estas áreas. O empenhamento da Fundação começa no jardim de infância e estende-se pelas escolas, universidades e centros de investigação. A Fundação apadrinha novos métodos de transferência de conhecimento científico e apoia tanto o desenvolvimento como a apresentação cuidada de descobertas científicas. O Supernova do ESO é uma doação da KTS e o ESO encarregar-se-á de operar a infraestrutura.

HITS

O Instituto Heidelberg de Estudos Teóricos (HITS gGmbH) foi estabelecido pelo co-fundador Klaus Tschira e a sua fundação, a Klaus Tschira Stiftung, como uma instituição privada sem fins lucrativos. O HITS leva a cabo investigação de base no âmbito do processamento, estruturação e análise de grandes quantidades de dados em ciências naturais, matemática e ciência de computadores. As áreas de investigação vão desde a biologia molecular à astrofísica.

Haus der Astronomie

A Haus der Astronomie (HdA), que significa “Casa da Astronomia”, é um Centro de Educação e Divulgação de Astronomia situado em Heidelberg, na Alemanha. A sua missão é mostrar ao público em geral, e aos jovens em particular, o fascínio da astronomia e facilitar a comunicação entre os astrónomos e os seus colegas de outras áreas científicas.

A Haus der Astronomie foi fundada no final de 2008 pela Sociedade Max Planck e.V. para o Avanço da Ciência (organização líder de investigação básica alemã) e pela Klaus Tschira Stiftung gGmbH. Os outros parceiros são a Universidade de Heidelberg e a Cidade de Heidelberg. A HdA mudou-se para o edifício que ocupa atualmente no final de 2011, edifício esse em forma de galáxia em espiral doado pela Klaus Tschira Stiftung.

ESO

O ESO é a mais importante organização europeia intergovernamental para a investigação em astronomia e é de longe o observatório astronómico mais produtivo do mundo. O ESO é  financiado por 16 países: Alemanha, Áustria, Bélgica, Brasil, Dinamarca, Espanha, Finlândia, França, Holanda, Itália, Polónia, Portugal, Reino Unido, República Checa, Suécia e Suíça, assim como pelo Chile, o país de acolhimento. O ESO destaca-se por levar a cabo um programa de trabalhos ambicioso, focado na concepção, construção e operação de observatórios astronómicos terrestres de ponta, que possibilitam aos astrónomos importantes descobertas científicas. O ESO também tem um papel importante na promoção e organização de cooperação na investigação astronómica. O ESO mantém em funcionamento três observatórios de ponta no Chile: La Silla, Paranal e Chajnantor. No Paranal, o ESO opera  o Very Large Telescope, o observatório astronómico óptico mais avançado do mundo e dois telescópios de rastreio. O VISTA, o maior telescópio de rastreio do mundo que trabalha no infravermelho e o VLT Survey Telescope, o maior telescópio concebido exclusivamente para mapear os céus no visível. O ESO é um parceiro principal no ALMA, o maior projeto astronómico que existe atualmente. E no Cerro Armazones, próximo do Paranal, o ESO está a construir o European Extremely Large Telescope (E-ELT) de 39 metros, que será “o maior olho do mundo virado para o céu”.

Links

Contactos

Tania Johnston
ESO Supernova Coordinator
Garching bei München, Alemanha
Tel: +49 89 3200 6130
Email: tjohnsto@eso.org

Sobre o anúncio

Id:ann16022

Imagens

Johannes Kepler
Johannes Kepler