ann19024-pt — Anúncio

Programa GASP recebe 2,5 milhões de euros do Conselho Europeu de Investigação

8 de Maio de 2019

O Conselho Europeu de Investigação (European Research Council - ERC) atribuiu à astrónoma Bianca Poggianti do Istituto Nazionale di Astrofisica uma bolsa no valor de 2,5 milhões de euros para um projeto baseado em dados obtidos nas infraestruturas do ESO. GASP (GAs Stripping Phenomena in galaxies) é um dos 222 projetos europeus que recebeu esta bolsa avançada altamente competitiva, como anunciado pelo ERC.

O projeto GASP do ERC baseia-se no Grande Programa do ESO com o mesmo nome, que estuda os mecanismos de remoção de gás em galáxias e as suas consequências na formação estelar. O GASP usa enormes quantidades de dados, muitos dos quais são obtidos com o instrumento MUSE montado no Very Large Telescope do ESO (VLT), assim como com o ALMA e o APEX. De acordo com Poggianti, o uso de dados que cobrem um grande intervalo de comprimentos de onda é um dos aspectos que torna o GASP único e permite aos astrónomos estudar pela primeira vez várias fases do gás e das estrelas até grandes distâncias do centro das galáxias. O GASP distingue-se também por combinar análises físicas altamente detalhadas com o poder estatístico de uma enorme amostra de objetos estudados e o desenvolvimento de métodos inovadores para estudar a evolução dos espectros de galáxias em diferentes eras cosmológicas.

Lançado em 2015, o GASP obteve já excelentes resultados; a primeira divulgação de dados em Novembro de 2017 incluiu informação valiosa como as taxas de formação estelar média de 57 galáxias em diferentes meios e revelou uma maneira anteriormente desconhecida de alimentar buracos negros supermassivos. A segunda e última divulgação de dados do GASP está prevista para Maio de 2019.

Esta bolsa atribuída pelo ERC permitirá a inclusão de seis jovens investigadores na equipa, os quais apoiarão o projeto na sua busca de respostas as questões que incluem as condições sob as quais as estrelas se formam, o papel que o meio de uma galáxia pode ter no “acender” de buracos negros supermassivos em núcleos galácticos ativos e os processos que fazem parar a formação estelar.

O ERC é a organização europeia financiadora principal da investigação de vanguarda. As bolsas avançadas do ERC são atribuídas a investigadores bem estabelecidos, cujas instituições de acolhimento se situam num estado membro da União Europeia ou num país associado. Estas bolsas apoiam trabalho pioneiro ao dar a investigadores de excelência científica a oportunidade de desenvolverem as suas melhores ideias.

Links

Contactos

Calum Turner
ESO Public Information Officer
Garching bei München, Alemanha
Tel: +49 89 3200 6670
Email: pio@eso.org

Sobre o anúncio

Id:ann19024

Imagens

Exemplo de uma galáxia alforreca
Exemplo de uma galáxia alforreca
A astrónoma Bianca Poggianti
A astrónoma Bianca Poggianti