ann15011-pt — Anúncio

Cerimónia de colocação da primeira pedra do Planetário e Centro de Visitantes do ESO, o Supernova

Lançamento do site web do Supernova do ESO

24 de Fevereiro de 2015

Uma cerimónia de colocação da primeira pedra do Supernova, o novo Planetário e Centro de Visitantes do ESO teve lugar hoje na Sede do ESO em Garching, na Alemanha. Este evento marcou o início da principal fase de construção desta infraestrutura.

O Supernova do ESO consistirá numa magnífica mostra de astronomia para o público. Tornou-se possível graças a uma colaboração entre o Instituto Heidelberg de Estudos Teóricos (HITS, acrónimo do inglês) e o ESO. A Klaus Tschira Stiftung (KTS), uma fundação alemã que apoia as ciências naturais, a matemática e a ciência de computadores, irá financiar por completo a construção e o ESO encarregar-se-á de dirigir e operar a infraestrutura. O edifício foi concebido pelos arquitetos Bernhardt + Partner.

Esta nova infraestrutura dará aos visitantes uma experiência imersiva na astronomia em geral, mostrando também resultados científicos do ESO, projetos e avanços tecnológicos. Inclui um planetário de cúpula completa e mais de 2000 metros quadrados de exposições permanentes e temporárias. Áreas adicionais equipadas para conferências oferecerão programas de palestras, workshops e conferências. Todos os conteúdos serão disponibilizados em inglês e alemão.

A cerimónia foi aberta pelo Diretor Geral do ESO, Tim de Zeeuw e nela participaram representantes do HITS e do KTS, representantes convidados das autoridades locais, membros do campus científico de Garching, um representante da Technische Universität München, pessoas chave envolvidas no projeto do Supernova do ESO e membros dos meios de comunicação social. Foram proferidos discursos por Klaus Tschira, fundador e diretor executivo da Klaus Tschira Stiftung, pelo presidente da câmara de Garching, Dietmar Gruchmann e pelo arquiteto Manfred Bernhardt.

Depois dos discursos, foi colocada a primeira pedra numa cerimónia curta que teve lugar no local onde se construirá a infraestrutura. A construção estará terminada no início de 2017, prevendo-se que o Supernova abra ao público durante esse mesmo ano.

O site web da nova infraestrutura foi lançado ao mesmo tempo que ocorria a cerimónia de colocação da primeira pedra. Este site dará a futuros visitantes, jornalistas, professores, parceiros e a outros planetários a possibilidade de explorarem as atividades planeadas para o Supernova do ESO, incluindo temas de exposições, atividades educativas, espetáculos de planetário e visitas guiadas. O site web lista também oportunidades de fazer parte da equipa do Supernova do ESO tanto como voluntário, bolseiro ou membro do pessoal. São também oferecidos vários tipos de parcerias com níveis correspondentes de benefícios a companhias, institutos ou indivíduos que pretendam apoiar financeiramente o Supernova.

Links

Informação Adicional

HITS
O Instituto Heidelberg de Estudos Teóricos (HITS gGmbH) foi estabelecido pelo co-fundador Klaus Tschira e a sua fundação, a Klaus Tschira Stiftung, como uma instituição privada sem fins lucrativos. O HITS leva a cabo investigação de base no âmbito do processamento, estruturação e análise de grandes quantidades de dados em ciências naturais, matemática e ciência de computadores. As áreas de investigação vão desde a biologia molecular à astrofísica.

KTS
A Klaus Tschira Stiftung promove o avanço das ciências naturais, matemática e ciência de computadores, pretendendo aumentar o gosto por estas áreas. O empenhamento da Fundação começa no jardim de infância estendendo-se por escolas, universidades e centros de investigação.

ESO
O ESO é a mais importante organização europeia intergovernamental para a investigação em astronomia e é de longe o observatório astronómico mais produtivo do mundo. O ESO é  financiado por 16 países: Alemanha, Áustria, Bélgica, Brasil, Dinamarca, Espanha, Finlândia, França, Holanda, Itália, Polónia, Portugal, Reino Unido, República Checa, Suécia e Suíça, assim como pelo Chile, o país de acolhimento. O ESO destaca-se por levar a cabo um programa de trabalhos ambicioso, focado na concepção, construção e operação de observatórios astronómicos terrestres de ponta, que possibilitam aos astrónomos importantes descobertas científicas. O ESO também tem um papel importante na promoção e organização de cooperação na investigação astronómica. O ESO mantém em funcionamento três observatórios de ponta no Chile: La Silla, Paranal e Chajnantor. No Paranal, o ESO opera  o Very Large Telescope, o observatório astronómico óptico mais avançado do mundo e dois telescópios de rastreio. O VISTA, o maior telescópio de rastreio do mundo que trabalha no infravermelho e o VLT Survey Telescope, o maior telescópio concebido exclusivamente para mapear os céus no visível. O ESO é um parceiro principal no ALMA, o maior projeto astronómico que existe atualmente. E no Cerro Armazones, próximo do Paranal, o ESO está a construir o European Extremely Large Telescope (E-ELT) de 39 metros, que será “o maior olho do mundo virado para o céu”.

Contactos

Lars Lindberg Christensen
Head of ESO ePOD
Garching bei München, Alemanha
Tel: +49 89 3200 6761
Telm: +49 173 3872 621
Email: lars@eso.org

Sobre o anúncio

Id:ann15011

Imagens

Impressão artística do Supernova, o novo Planetário e Centro de Visitantes do ESO
Impressão artística do Supernova, o novo Planetário e Centro de Visitantes do ESO
Impressão artística do Supernova, o novo Planetário e Centro de Visitantes do ESO
Impressão artística do Supernova, o novo Planetário e Centro de Visitantes do ESO
Impressão artística do Supernova, o novo Planetário e Centro de Visitantes do ESO
Impressão artística do Supernova, o novo Planetário e Centro de Visitantes do ESO
Impressão artística do Supernova, o novo Planetário e Centro de Visitantes do ESO
Impressão artística do Supernova, o novo Planetário e Centro de Visitantes do ESO
Cerimónia de colocação da primeira pedra do Supernova do ESO
Cerimónia de colocação da primeira pedra do Supernova do ESO
Relevado o logotipo do Supernova do ESO
Relevado o logotipo do Supernova do ESO
Relevado o logotipo do Supernova do ESO
Relevado o logotipo do Supernova do ESO
Cerimónia de colocação da primeira pedra do Supernova do ESO
Cerimónia de colocação da primeira pedra do Supernova do ESO
Cerimónia de colocação da primeira pedra do Supernova do ESO
Cerimónia de colocação da primeira pedra do Supernova do ESO