A região da Nebulosa da Tarântula obtida com o HAWK-I e a Infraestrutura de Óptica Adaptativa

Esta imagem da região de formação estelar 30 Doradus, também conhecida por Nebulosa da Tarântula, foi criada a partir de um mosaico de imagens obtidas com o instrumento HAWK-I a trabalhar com a Infraestrutura de Óptica Adaptativa do Very Large Telescope do ESO, no Chile. As estrelas apresentam-se significativamente mais nítidas do que na mesma imagem sem óptica adaptativa e podem também ser observadas estrelas mais ténues.

Créditos:

ESO

Sobre a imagem

Id:ann18006a
Língua:pt
Tipo:Observação
Data de divulgação:30 de Janeiro de 2018 às 11:00
Anúncios relacionados:ann18006
Tamanho:4397 x 4250 px

Sobre o objeto

Nome:30 Doradus
Tipo:Local Universe : Nebula : Appearance : Emission : H II Region
Constellation:Dorado

Formatos de imagens

JPEG grande
8,0 MB

Zoom


Papéis de parede

1024x768
424,9 KB
1280x1024
647,3 KB
1600x1200
911,1 KB
1920x1200
1,1 MB
2048x1536
1,4 MB

Coordenadas

Position (RA):5 38 42.24
Position (Dec):-69° 6' 7.73"
Field of view:7.81 x 7.55 arcminutes
Orientação:O norte está a 0.8° à direita da vertical

Cores e filtros

BandaComprimento de ondaTelescópio
Infravermelho
Y
1.021 μmVery Large Telescope
HAWK-I
Infravermelho
Ks
2.146 μmVery Large Telescope
HAWK-I
Infravermelho
Y
1.021 μmVery Large Telescope
HAWK-I
Infravermelho
Ks
2.146 μmVery Large Telescope
HAWK-I

 

Veja também