Estrelas trémulas

Na noite de 20 de Janeiro de 2019 a cidade de Comquibo, no Chile, sofreu um sismo de magnitude 6,7 na escala de Richter. Apesar de Comquibo se situar a 90 km de distância do Observatório de La Silla do ESO, os efeitos do sismo fizeram-se sentir neste local.

Esta imagem mostra o sismo registado pelo TAROT (Rapid Action Telescope for Transient Objects), um telescópio concebido para monitorizar explosões de raios gama.

Na noite em questão, o TAROT estava a fazer imagens de satélites geoestacionários, que aparecem como pontos estáticos no céu quando observados através de um telescópio colocado no solo. Por consequinte, as estrelas aparecem como rastros, já que a Terra roda sobre o seu eixo durante a exposição. Nesta imagem, foram sobrepostas três imagens de 10 segundos cada uma, obtidas em sucessão rápida na noite do sismo.

A captura da primeira imagem (à esquerda) foi iniciada 41 segundos após o início do sismo e a captura da última (à direita) terminou após cerca de 100 segundos depois do início do sismo. Cada estrela aparece 3 vezes já que o sismo abana o telescópio, distorcendo a sua vista do céu noturno. O efeito do sismo enfraquece com o tempo (na direção da parte direita da imagem).

Os registos na imagem são semelhantes a registos de sismógrafos num rolo de papel.

Créditos:

ESO/A. Klotz (TAROT)

Sobre a imagem

Id:potw1910a
Língua:pt
Tipo:Montagem
Data de divulgação:11 de Março de 2019 às 06:00
Tamanho:2000 x 1195 px

Sobre o objeto

Tipo:Unspecified : Star

Formatos de imagens

JPEG grande
669,0 KB

Zoom


Papéis de parede

1024x768
260,1 KB
1280x1024
404,8 KB
1600x1200
525,2 KB
1920x1200
619,7 KB
2048x1536
789,4 KB

 

Veja também