Aproximação ao Abell 1689 e a uma galáxia poeirenta muito longínqua

Aproximação ao enxame de galáxias Abell 1689. O Telescópio Espacial Hubble da NASA/ESA, com a ajuda da lente gravitacional natural deste enxame, detectou a galáxia longínqua A1689-zD1, que vemos quando o Universo tinha apenas 700 milhões de anos. Este objeto foi detectado pelo ALMA e a sua distância foi medida com o auxílio do Very Large Telescope do ESO.

Créditos:

ESA/Hubble (M. Kornmesser & L. L. Christensen)

Sobre o vídeo

Id:eso1508a
Língua:pt
Data de divulgação:2 de Março de 2015 às 17:00
Notícias relacionadas:eso1508
Duração:57 s
Frame rate:30 fps

Sobre o objeto

Nome:Abell 1689
Tipo:Early Universe : Galaxy : Grouping : Cluster

HD


Large

QT grandes
14,9 MB

Medium

MPEG-1 médios
24,1 MB
Flash médios
11,8 MB

Small

QT pequenos
3,5 MB

For Broadcasters


Veja também