O meio que rodeia a galáxia em interação NGC 5291

O Very Large Telescope do ESO, instalado no Observatório do Paranal, obteve novas imagens que revelam a espectacular consequência de uma colisão cósmica com 360 milhões de anos. Entre os restos que rodeiam a galáxia elíptica NGC 5291, que pode ser vista no centro da imagem, encontra-se uma jovem galáxia anã rara e misteriosa, observada como um nodo brilhante à direita. Este objeto dá aos astrónomos uma excelente oportunidade de aprender mais sobre galáxias semelhantes que se pensa serem comuns no Universo primordial, mas que são normalmente muito ténues e se encontram muito distantes para poderem ser observadas com os telescópios atuais.

Créditos:

ESO

Sobre a imagem

Id:eso1547a
Língua:pt
Tipo:Observação
Data de divulgação:9 de Dezembro de 2015 às 12:00
Notícias relacionadas:eso1547
Tamanho:3010 x 2086 px

Sobre o objeto

Nome:NGC 5291
Tipo:Local Universe : Galaxy : Type : Interacting
Constellation:Centaurus

Formatos de imagens

JPEG grande
1,5 MB

Zoom


Papéis de parede

1024x768
262,1 KB
1280x1024
386,4 KB
1600x1200
535,2 KB
1920x1200
623,7 KB
2048x1536
836,8 KB

Coordenadas

Position (RA):13 47 19.40
Position (Dec):-30° 24' 4.50"
Field of view:12.65 x 8.76 arcminutes
Orientação:O norte está a 90.0° à direita da vertical

Cores e filtros

BandaTelescópio
Óptico
V
Very Large Telescope
FORS2
Óptico
R
Very Large Telescope
FORS2
Infravermelho
I
Very Large Telescope
FORS2

 

Veja também