GRAVITY descobre nova estrela dupla no Enxame do Trapézio em Orion

No âmbito das primeira observações obtidas com o novo instrumento GRAVITY, a equipa observou cuidadosamente estrelas brilhantes e jovens no conhecido Enxame do Trapézio, situado no coração da região de formação estelar de Orion. E logo com estes primeiros dados, o GRAVITY fez uma descoberta: uma das componentes deste enxame (Theta1 Orionis F, embaixo à esquerda) é uma estrela dupla. A estrela dupla mais brilhante já conhecida anteriormente, Theta1 Orionis C (embaixo à direita) é também apresentada.

A imagem de fundo foi obtida pelo instrumento  ISAAC montado no Very Large Telescope do ESO. As imagens do GRAVITY inseridas revelam um detalhe muito maior do que o que seria possível detectar com o Telescópio Espacial Hubble da NASA/ESA.

Créditos:

ESO/GRAVITY consortium/NASA/ESA/M. McCaughrean

Sobre a imagem

Id:eso1601a
Língua:pt
Tipo:Montagem
Data de divulgação:13 de Janeiro de 2016 às 15:00
Notícias relacionadas:eso1601
Tamanho:2737 x 2273 px

Sobre o objeto

Nome:Trapezium Cluster
Tipo:Milky Way : Star : Grouping : Cluster : Open
Distância:1400 anos-luz

Formatos de imagens

JPEG grande
1,1 MB

 

Veja também