Um visitante inesperado

Tal como muitos telescópios do ESO, o telescópio dinamarquês de 1,54 metros, instalado no Observatório de La Silla no Chile, faz-se acompanhar de uma câmara que observa todo o céu e que transmite imagens do local durante todas as horas do dia ou da noite, permitindo a qualquer pessoa em qualquer parte do mundo ver o telescópio em ação. Podemos ver astrónomos e engenheiros a trabalhar, admirar belas imagens da Via Láctea à noite e, se tivermos sorte, podemos ver ainda alguma espécie local.

Esta fotografia rara apanhou em flagrante uma ave nativa que está a usar a câmara como um poleiro, obviamente sem saber que está a tapar a vista da câmara. Não conseguimos reconhecer a espécie da ave, no entanto como a imagem foi obtida durante a noite, é provável que a ave estivesse a caçar, o que sugere uma espécie noturna. 

Apesar das condições secas e de altitude elevada dos observatórios do ESO no deserto chileno do Atacama, a região acolhe uma enorme variedade de espécies de vida selvagem, como por exemplo vicunhas, animais do tipo dos lamas, raposas do Andes de vista aguçada, aves de rapina majestosas e cavalos selvagens, que se deslocam livremente. Estas espécies adaptaram-se magnificamente às condições inóspitas, sendo uma visão comum nos arredores dos observatórios do ESO.

Podem ser vistas mais webcams do ESO a partir deste link.

Créditos:

ESO

Sobre a imagem

Id:potw1941a
Língua:pt
Tipo:Fotográfico
Data de divulgação:14 de Outubro de 2019 às 06:00
Tamanho:1400 x 1050 px

Sobre o objeto

Nome:Danish 1.54-metre telescope
Tipo:Unspecified : Technology : Observatory : Telescope

Formatos de imagens

JPEG grande
305,6 KB

Zoom


Papéis de parede

1024x768
144,6 KB
1280x1024
280,5 KB
1600x1200
338,2 KB
1920x1200
381,8 KB
2048x1536
518,6 KB

 

Veja também